Geral | Consumo

Jungmann defende distinção entre traficante e usuário de drogas

Descriminalização de porte de maconha deverá ser decidida pelo STF; enquanto a decisão não sai, jovens continuam alimentando as estatísticas de violência no país; segundo o Atlas da Violência 2018, 33.590 jovens foram assassinados em 2016
26/06/2018

BRASÍLIA - O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, defende a distinção entre usuário e traficante, bem como a descriminalização do porte de drogas para reduzir o número de mortes violentas de jovens no país e desafogar o sistema penitenciário brasileiro.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte