Cidades | Sem infraestrutura

Asfalto danificado causa transtornos em vias de São Luís

Buracos dificultam o tráfego de veículos e a locomoção de pedestres, nas proximidades do terminal da Cohama; Na Rua 25 de dezembro, no bairro Vila Luizão, veículos não circulam em um trecho da via, por causa da precariedade na pavimentação asfáltica
Daniel Júnior/ O ESTADO24/06/2018 às 00h00
Asfalto danificado causa transtornos em vias de São LuísProblemas no asfalto nas proximidades do Terminal de Integração da Cohama (Paulo Soares/ O ESTADO DO MA)

SÃO LUÍS - O asfalto danificado está ocasionando transtornos em vias públicas de São Luís. Nas proximidades do Terminal de Integração da Cohama, local que há uma grande movimentação de ônibus e pedestres, buracos tomam conta da estrada. A cobertura asfáltica é quase que inexistente.

Os condutores trafegam com bastante dificuldades e devem se atentar aos obstáculos para os veículos não quebrarem. Na Rua 25 de dezembro, no bairro Vila Luizão, veículos não circulam em um trecho da via, por causa da precariedade na pavimentação asfáltica.

“Depois das fortes chuvas, a nossa Rua ficou assim e ninguém tomou uma providência, até agora. Os carros transitam na via até este ponto. Para passar, tem que sair do veículo e vir andando. Quem tentar passar, pode ter o carro quebrado ou até mesmo se machucar”, explicou Alessandro Gusmão, de 25 anos, que reside em uma casa, na Rua 25 de dezembro, bem em frente ao ponto da via, que está todo danificado.

“Os ônibus só faltam virar quando transitam por aqui. Se o motorista não diminuir a velocidade, é complicado para os passageiros. Já tem em média quatro meses que estamos nessa situação. O asfalto está todo desgastado, mas até agora ninguém tomou uma providência”, relatou Francisco João Costa Mascarenhas, morador de uma rua nas proximidades do Terminal de Integração da Cohama.

SAIBA MAIS

De acordo com o engenheiro Emanuel Miguez, do Clube de Engenharia do Maranhão (CEM), a má qualidade dos serviços de pavimentação e do material utilizado são as causas do problema no asfalto.

“Os serviços de pavimentação asfáltica são contratados pelas prefeituras do Maranhão e também pelo Governo como um serviço comum, mas na verdade deve ser contratado como um serviço de engenharia. A empresa que realizará a obra deve apresentar um projeto técnico e garantir a qualidade da obra. O pavimento é apenas a parte estética. O bom asfalto tem que ter três camadas: a sub-base, a base e, por último, a pavimentação”, defendeu Miguez.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte