Vida | Saúde

Saiba como melhor prevenir a asma

Sem cuidados, a doença crônica complica a qualidade de vida de seus portadores nos dias frios; pneumologista dá dicas sobre o problema; 21 de junho marcou o Dia Nacional de Controle da doença
22/06/2018

Em todo 21 de junho é lembrado o Dia Nacional de Controle da Asma, uma das principais doenças respiratórias crônicas que acomete as vias respiratórias e o pulmão, aumentando a produção de secreções e prejudicando a passagem de ar. O problema afeta em torno de 235 milhões de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), e 6,4 milhões de brasileiros acima de 18 anos, segundo Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Uma das causas da asma, conhecida como “bronquite asmática” ou “bronquite alérgica”, também pode ser o ambiente ao qual a pessoa está exposta. Tanto a temperatura climática quanto a presença de poeira, fezes de baratas, ácaro, mofo, pelos de animais e fungos, podem influenciar na saúde dos pulmões. Fatores genéticos, como histórico familiar de asma, rinite e/ou obesidade também podem desencadear a doença.
Os principais sintomas da asma são: tosse, chiado ou ruído no peito, dificuldade para respirar, respiração rápida e curta, desconforto torácico, ansiedade e eventualmente infecção na garganta. O diagnóstico é feito com base nas informações que o paciente fornece ao médico e na análise clínica dos sintomas. Testes de função respiratória podem auxiliar no diagnóstico diferencial de outras patologias.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte