Esporte | Natação

Maranhense brilha mais uma vez nos EUA e sonha com Mundial

Frederico Castro foi destaque desta vez no Campeonato Regional da Flórida e se prepara para o Brasileiro de natação de olho no Mundial, que será no Japão
21/06/2018 às 19h11
Maranhense brilha mais uma vez nos EUA e sonha com Mundial Frederico Castro é um dos principais nomes da natação brasileira (Divulgação)

SÃO LUÍS – O maranhense Frederico Castro segue se destacando e, mesmo longe do seu país, tem sido um dos melhores nadadores do Brasil nos últimos meses. Depois de se destacar, no mês passado, no Campeonato Regional da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, com quatro medalhas de ouro na categoria absoluto (todas as idades), o nadador voltou a brilhar na terra do Tio Sam. No fim de semana passado, Frederico conquistou duas medalhas douradas no Campeonato Regional da Flórida, que foi realizado na cidade de Coral Springs. A meta dele agora será o Campeonato Brasileiro, que servirá como seletiva para o Mundial deste ano.

LEIA MAIS

Nadador maranhense se destaca em competição nos EUA

Frederico Castro se destaca e sonha com Tóquio 2020

Após 9 anos, maranhense quebra recorde mundial na natação

Disputando a competição estadual da Flórida com cerca de 570 nadadores, Frederico Castro foi ouro nos 50 e 100m nado borboleta. Em cada uma das provas, o nadador do Maranhão disputou o lugar mais alto do pódio com 80 adversários. Em entrevista ao OEstadoMA.com, ele falou sobre mais esse feito na carreira. “Foi uma competição acirrada, não foi fácil. Isso é fruto de muita dedicação, muito treino. E a prova dos 50 foi decidida nos detalhes”, comentou o atleta.

Com mais esse bom resultado nos EUA, Frederico chega ao Campeonato Brasileiro, que será disputado no final de agosto, em São Paulo, como um dos melhores nadadores do Brasil. “O resultado dessa competição me coloca entre os primeiros colocados do ranking brasileiro. E vamos bem competitivos para defender as cores do Maranhão em mais um campeonato", disse ele, que revela também que sonha com uma vaga para o Mundial, que acontecerá em dezembro, no Japão.

Mesmo com esses bons resultados recentes, Frederico Castro ainda lamenta a falta de apoio para seguir disputando competições em alto nível. “Sem patrocínio local, os resultados são limitados. Da mesma forma que um patrocínio motiva o atleta a alcançar melhores resultados, a falta dele é desmotivante. Na maioria dos casos, os atletas maranhenses desistem", desabafou.

Recorde mundial

No ano passado, Frederico Castro bateu o recorde mundial dos 200m borboleta na categoria máster. Castro quebrou a marca de 1:59:74, que era do americano Mark Lewis desde 2008.

A marca foi batida no II troféu Osvaldo Telles de natação, realizado no complexo aquático da Viva Água, no Renascença II, quando Frederico completou a prova em 1:59:48, se tornando o mais rápido do planeta.

O recorde de Mark Lewis foi quebrado após 9 anos de tentativas de nadadores do mundo inteiro. O II Troféu Osvaldo Telles fez parte da III Etapa do Circuito Maranhense Máster de Natação e foi uma homenagem ao professor Osvaldo Telles, que é um dos criadores da Federação Maranhense de Desportos Aquáticos.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte