Economia | Dados preliminares

Censo Agropecuário destaca produtos cultivados em SL

Maxixe, milho verde e quiabo estão entre os principais produtos de horticultura cultivados
20/06/2018

Dados preliminares do Censo Agro, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revelam que, nos 817 estabelecimentos agropecuários identificados em São Luís, predominam lavouras de mandioca, feijão verde e milho e hortifrutis como maxixe, quiabo, pepino e alface.
De acordo com os números apresentados pelo coordenador da Comissão Municipal de Geografia e Estatística (CMGE), Wellington Georges, durante o recenseamento foram encontrados 165,88 hectares de área colhida de mandioca; 56,99 hectares de área colhida de feijão verde; e 18,06 hectares de área de milho em grãos.
No que diz respeito aos produtos da horticultura, destaque para os 253.923 quilos produzidos de maxixe, 225.993 quilos de milho verde, 213.565 quilos de quiabo, 98.710 quilos de pepino (98.710 e 75.958 quilos de alface.
Também foram divulgados alguns dados preliminares em nível estadual. As principais lavouras temporárias foram de soja (669.124,57 hectares de área colhida); milho em grãos (353.809,47 hectares de área colhida); arroz em casca (84.725,55 hectares de área colhida) e mandioca (84.725,55 hectares de área colhida).
Balsas foi o município com maior área colhida de soja, seguido por Tasso Fragoso, Alto Parnaíba, Loreto e Sambaíba. Em relação ao cultivo do arroz, os municípios com mais área colhida foram Grajaú, São Mateus do Maranhão, Codó e Tutoia.
No que diz respeito ao cultivo do milho, mais uma vez Balsas foi o município com maior área colhida, seguido de Tasso Fragoso, Riachão, Tutoia e Carolina. Já sobre o cultivo da mandioca, municípios em destaque foram Pedro do Rosário, Urbano Santos, Viana, Tutoia e Barreirinhas.
Sobre a criação de bovinos, os municípios com a maior quantidade de rebanho foram Açailândia, Amarante do Maranhão, Santa Luzia e Grajaú. Sobre os suínos, os municípios de Balsas, Chapadinha, Caxias e Timon apresentaram os maiores rebanhos. Por fim, os municípios de Viana, Cajari, Matinha e Penalva tiveram os maiores rebanhos de bubalinos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte