Edição Digital

Geral | Sem informações

Governo não se pronunciou sobre óbitos por síndrome respiratória

O Estado revelou, conforme o Ministério da Saúde, que 12 mortes ocorreram no Maranhão causadas pela pela Síndrome Respiratória Aguda Grave; foram registrados 49 casos da doença no estado
Thiago Bastos / O Estado14/06/2018

SÃO LUÍS - Quase uma semana após O Estado, com base em dados do Ministério da Saúde (MS), revelar a ocorrência de 12 mortes no Maranhão causadas pela Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) ainda não se pronunciou acerca dos casos. Questionada, até o fechamento desta edição, a pasta não informou quais procedimentos a população deverá seguir, caso tenha a suspeita da doença.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.