Edição Digital

O Mundo | Acordo de paz

EUA esperam ''maior parte'' de desarmamento no governo Trump

O secretário de Estado, Mike Pompeo disse que o acordo inicial assinado por Trump e Kim Jong-un não capturava tudo que foi acertado entre os dois lados; presidente dos Estados Unidos diz que Coreia do Norte não representa mais uma ameaça
14/06/2018

WASHINGTON e SEUL - Os Estados Unidos esperam que a "maior parte do desarmamento" nuclear norte-coreano tenha terminado até o final da presidência de Donald Trump, que acaba em 21 de janeiro de 2020, declarou ontem o secretário de Estado, Mike Pompeo, em Seul, para repassar informações da cúpula com a Coreia do Norte a autoridades do Sul. Mais cedo, o presidente americano, Donald Trump, voltou da Ásia e lançou mensagens no Twitter para enaltecer o êxito diplomático alcançado com o encontro. Na rede social, o chefe de Estado disse que não há mais uma ameaça nuclear da Coreia do Norte e que, com isso, todos podem se sentir mais seguros agora.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.