Edição Digital

Alternativo | Festival Guarnicê

Documentário “A Tribo do Reggae” resgata memórias do ritmo no MA

O lançamento será nesta quinta,14, às 17h, no Festival Guarnicê de Cinema; filme registra a trajetória de 30 anos da banda Tribo de Jah
14/06/2018 às 11h20
Documentário “A Tribo do Reggae” resgata memórias do ritmo no MA

SÃO LUÍS – O ano era 1987 e iniciava na Escola de Cegos do Maranhão com um encontro inesperado entre alunos deficientes visuais e um radialista paulista, apaixonado por reggae roots. Esta história e muitas outras integra o documentário “A Tribo do Reggae”, com direção de Beto Matuck, que será lançado nesta quinta, 14, às 17h, no do Teatro Alcione Nazaré, dentro do Festival Guarnicê de Cinema.

O filme tenta mostrar como São Luís se transformou na Capital do Reggae, resgatando memórias e levando ao público referências e grandes nomes de percursores desse ritmo no Estado. “Foi um grande presente pra mim fazer parte da produção desse documentário. O processo de criação durou nove meses, e partiu de uma conversa minha, do produtor Tarcísio Selektah e do Fausy, que já tinha um sonho de documentar a história da Tribo de Jah fazendo um recorte com a história do reggae maranhense”, contou Matuck.

“Os fãs podem esperar muita música e muitas “pedras”, como o maranhense já conhece. O filme é afetuoso e com certeza vai bater no coração dos maranhenses e dos amantes do reggae tanto no Brasil quanto no mundo”, finalizou Matuck.

O documentário integra um projeto cultural, com patrocínio da Cemar, através da Lei de Incentivo à Cultura, produção da Guarnicê Produções e realização de Jah System Produções.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.