Política | Propaganda

Juíza determina que Facebook e revista informem como Duarte Jr. pagou anúncios

Comunista é pré-candidato a deputado estadual nas eleições deste ano e tornou-se réu em ação popular protocolada pelo advogado Thiago Brhanner por suposto uso da máquina para promoção pessoal na mídia e em redes sociais
OEstadoMA08/05/2018

A juíza Alessandra Arcangeli, respondendo pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, determinou que o Facebook e a Revista Deluxe informem em 15 dias como o ex-presidente do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor (Procon-MA), Duarte Júnior (PCdoB), pagou por publicações patrocinadas quando ainda comandava o órgão de defesa do consumidor.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte