Esporte | Abre o olho!

Sampaio vai ter de parar goleador do Paysandu (PA) no Castelão

Com cinco gols sofridos nos últimos dois jogos na Série B, a defesa do Tricolor vai ter de frear o atacante Cassiano, que já fez 16 gols na temporada
03/05/2018 às 16h44
Sampaio vai ter de parar goleador do Paysandu (PA) no Castelão Cassiano tem 16 gols no ano e marcou duas vezes na Série B (Jorge Luiz/Ascom Paysandu)

SÃO LUÍS - Com cinco gols sofridos nos últimos dois jogos na Série B, o Sampaio Corrêa vai precisar melhorar o seu desempenho na defesa. Nesta sexta-feira (4), o Tubarão tem pela frente o Paysandu, do artilheiro Cassiano, que já marcou 16 gols na temporada e é um dos artilheiros do país no ano. Em três jogos do Brasileiro, o atacante já marcou duas vezes. Portanto, é bom a defesa tricolor ficar bem esperta. Essa partida começa às 19h15 e será disputada no estádio Castelão, em São Luís.

Com o time paraense em boa fase, com 100% de aproveitamento na Série B, Cassiano diz viver o melhor momento de sua carreira. “Esse início de Série B tem sido muito bom para todos aqui e não é nenhuma surpresa. A equipe tem apresentado uma evolução importante e isso é bom, pois vai dar confiança ao grupo para a sequência da temporada. Estamos no caminho certo e cientes que podemos melhorar ainda mais nosso rendimento em campo”, disse ele em entrevista ao Globoesporte do Pará.

Mesmo com o Paysandu entre os líderes da competição, o goleador prefere manter a calma. “Temos que manter os pés no chão agora. Nada de ansiedade. O foco é jogo a jogo. O mais importante em um campeonato como a Série B é ter regularidade e intensidade”, comentou ele.

Sampaio com mudanças

Vindo de duas derrotas seguidas fora de casa, o Sampaio quer aproveitar o apoio de sua torcida para reencontrar a vitória nesta Série B. Pensando em proporcionar uma evolução para a equipe, o técnico Francisco Diá deve fazer até três mudanças na equipe.

Na última atividade que fez, o treinador testou Alvinho no lugar de Carlão, no ataque, e observou a entrada de Diego Silva no meio de campo, no lugar de Silva. Por enquanto, o meia Marlon, que está em negociação com o Fortaleza (CE), segue na equipe, mas sua presença não é garantida na partida. Caso o time cearense pague a multa rescisória do atleta, que é de R$ 200 mil, ele não entrará em campo. Portanto, é quase certa a sua ausência.

Com três pontos em três jogos, o Sampaio Corrêa ocupa a 16ª colocação na Série B. O Paysandu, que tem 9 pontos, é o quinto colocado.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte