Política | Espionagem

Espionagem: novo documento da PM cita coordenador das eleições

A TV Mirante trouxe com exclusividade documentos que mostram ações do coronel Heron Santos - ligado ao PCdoB - para que policiais catalogassem adversários
Ronaldo Rocha da editoria de Política27/04/2018

SÃO LUÍS - Em novo memorando circular do Comando de Policiamento do Interior da Polícia Militar (PM), de número 114/2018, cujo teor foi revelado ontem, cita a existência de um “coordenador das eleições 2018” com atuação na polícia. O documento “vazado” à imprensa é o quarto do escândalo da espionagem que ganhou repercussão nacional na semana passada, após O Estado revelar com exclusividade a ordem – atestada pela autenticidade de memorandos - de monitoramento de políticos que fazem oposição ao governador Flávio Dino (PCdoB).

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte