Pergentino Holanda

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h31

Tem índio na oca
Este abril indígena tem um toque todo especial. A vinda de um grupo de 13 índios da etnia Awa-Guajá, que habitam a floresta amazônica do Maranhão, na fronteira com o Pará, para o lançamento de um CD de cantos e da campanha Viva Awa Guajá! criada pela OCA – Oficina de Comunicação e Arte, para ajudar a contar a sua história de resistência e luta pela sobrevivência.
São índios de recente contato e considerados um dos povos indígenas mais ameaçados do planeta, autênticos guardiões da Amazônia maranhense, parte deles ainda perambulando pela floresta como um dos dez últimos povos caçadores coletores do planeta.
Segundo estimativas da Frente Etnoambiental Awa-Guajá, da Funai, existem hoje aproximadamente 800 índios, a maior parte vivendo em quatro áreas indígenas, protegendo um tesouro que é de toda a humanidade, afinal nas áreas por onde perambulam, nas Serras da Desordem e Tiracambu, estão alguns dos bancos florestais que permitiu a regeneração da Amazônia quando a terra voltou a se aquecer depois da última era glacial.
A mostra Viva Awa Guajá marca a abertura do espaço da OCA-Maranhão em São Luís e fica em cartaz até o fim de abril, com visitas agendadas através do site ocamaranhão. O lançamento do CD será hoje, Dia do Índio, às 19hs, na Praia Grande.

Treinamento
Por solicitação do Tribunal de Justiça do Maranhão, a Escola Superior da Magistratura implantou treinamento à distância com 300 vagas para servidores e magistrados que utilizarão a plataforma digital do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões.
A primeira turma, com 150 inscritos, concluiu as ações de capacitação.
O segundo grupo, formado por 150 servidores e magistrados, está participando do treinamento, até o dia 24 de abril.
A medida visa apresentar a ferramenta digital e planejar a implantação no Judiciário maranhense.

Angu de caroço
A expressão “angu de caroço” define uma situação complicada, que causa confusão, desentendimento e brigas.
Por maioria, o plenário do Supremo Tribunal Federal, em ocasiões anteriores, considerou que a condenação em segunda instância não impede o início da execução da pena.
É a circunstância que enfrenta hoje, diante do pedido de habeas corpus do ex-presidente Lula.
Se não ocorrer a aceitação da prisão, repassará a impressão de casuísmo e impunidade para parcela considerável da opinião pública.

Na disputa
Faltando seis meses para a eleição presidencial deste ano, pelo menos 16 nomes já se colocaram publicamente na disputa. Os partidos devem anunciar seus pré-candidatos até o início de agosto, quando termina o prazo para cada legenda definir as candidaturas nas convenções.
Dentre os concorrentes ao pleito, há ex-presidentes, senadores, deputados, ex-ministros e até um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal.
O partido Solidariedade, por exemplo, lançou, na capital paulista, a pré-candidatura do ex-ministro e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, à Presidência
da República.

Obras sociais
O publicitário aposentado José Moab, idealizador do projeto “Pouso Obras Sociais”, foi o primeiro entrevistado no “InspiraAção”, novo programa da Rádio Assembleia online, apresentado por Ameliane Araújo.
Entre outras coisas, ele revelou que realiza um trabalho de acolhimento e assistência a crianças órfãs desde 1983.
O trabalho de Moab não conta com nenhuma ajuda governamental. Ele começou em imóveis alugados e hoje tem uma sede própria, na Cohab, graças ao apoio que recebe de doadores e voluntários.
A partir de novembro de 2016, Moab iniciou o trabalho de assistência a pessoas que vivem na solidão e são depressivas, por meio do número 0800 883 6203.
O serviço chama-se “Amor Infinito – Uma Voz Amiga”. As pessoas que demandam são assistidas por 14 voluntários das mais diversas formações acadêmicas e religiosas.

Projetos de expansão no MA
O grupo Suzano Papel e Celulose apresentou a deputados estaduais e dirigentes da Assembleia Legislativa seus novos projetos de expansão no Maranhão. A apresentação foi durante um jantar, na última terça-feira. O presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), liderou o grupo
de deputados, integrado por Edivaldo Holanda, Max Barros, Fábio Braga, Zé Inácio,
Edilázio Júnior, Léo Cunha, Francisca Primo, Professor Marco Aurélio, Sérgio Vieira, Antônio Pereira e Glaubert Cutrim.

TRIVIAL VARIADO

A dificuldade do eleitor será inevitável em uma eleição que já tem até agora, 16 pré-candidatos à presidência da República. Mas a dificuldade maior será para emissoras de rádio e TV. Mesmo excluindo partidos menores, será inviável um debate produtivo, reunindo dez candidatos.

O caso do DEM deixa claro como é difícil a coerência política: o partido aprovou uma resolução nacional contra alianças com o PT, mas, no Ceará, preferiu não cumprir a determinação.
Para garantir viabilidade eleitoral, prefere romper com o partido e aliar-se ao PT.

Ao mesmo tempo em que solicita autorização judicial para visitar o ex-presidente Lula na prisão, onde ele cumpre a pena de 12 anos e um mês, o presidenciável Ciro Gomes reafirma que “o projeto do PT não é, definitivamente, o meu”.

A desembargadora Angela Salazar é a mais nova cidadã de São Luís, cujo título foi-lhe entregue ontem pela Câmara Municipal, em sessão solene presidida pelo vereador Astro de Ogum. A proposição foi apresentada pelo vereador
Josué Pinheiro.

No assunto: natural de São Luís Gonzaga, a desembargadora recebeu elogios do seu colega de toga, Jorge Rachid, que disse conhecer a desembargadora há muitos anos, desde quando era juíza e que já tinha um grande compromisso com a cidadania.

DE RELANCE

Acordo de cooperação
O Tribunal de Justiça do Maranhão, por intermédio da Escola Superior da Magistratura, firmará, logo mais às 11h, acordo de cooperação com a Fundação Universidade de Girona-Espanha, o Instituto de Direito e História do Mato Grosso do Sul e a Cátedra de Cultura Jurídica da Universidade de Girona para promoção de curso de especialização em Garantismo e Processo Penal, com acesso ao mestrado internacional, para magistrados do Judiciário maranhense.
A duração do convênio é de 24 meses.

Homenagem
A engenheira Kelsilene Duarte, também consultora da Academia Viva Água, trocou de idade ontem e ganhou uma homenagem especial da diretora Denise Araújo: um almoço de comida portuguesa harmonizado com vinho da melhor qualidade, em seu apartamento, no Renascença II. Entre outras atividades profissionais, Kelsilene Duarte vem fazendo um aplaudido trabalho naquele complexo esportivo, considerado um dos melhores da região Nordeste.

ABL em crise
É grave a crise financeira da Academia Brasileira de Letras. A principal fonte de renda da instituição são os aluguéis do edifício anexo ao Petit Trianon mas, hoje, menos de 50% dos andares estão ocupados. A ABL já cortou o jeton que os imortais recebiam para participar das conferências de terças-feiras. Isso significa menos R$ 4 mil por mês no bolso dos acadêmicos.

Sétima Arte
A coordenação do Curso de Direito do Instituto Florence de Ensino Superior anunciou para o dia 28 de abril a 16ª sessão do projeto “Direito e Sétima Arte”, com a exibição do filme “Você não conhece o Jack” (You don’t know Jack). O longa-metragem será exibido no auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas. A participação é gratuita, aberta à comunidade acadêmica.

Logística em foco
Ontem à noite, no Residencial Pinheiros, a Faculdade de Negócios Faene realizou o workshop “Logística em Foco”, voltado para oportunidades de trabalho e perspectivas no Maranhão. O evento contou com a presença do advogado especialista em Direito Marítimo, Wellington Beckman, e do professor Rogério Freitas, especialista em Logística.

Pesquisa no Brasil
Na próxima sexta-feira, a Universidade Federal do Maranhão receberá o diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), professor Wanderley de Souza, que ministrará palestra falando sobre o “Financiamento da Pesquisa no Brasil”. Wanderley de Souza palestrará sobre a parceria da Finep com a Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa. Ele é professor do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho e pesquisador do Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Homenagem a Paulinha
A apresentadora Paulinha Lobão, que é brasiliense, receberá, na Assembleia Legislativa do Maranhão, o título de Cidadã Maranhense. A homenagem foi proposta pelo deputado Roberto Costa. Paulinha S. Lobão comanda, na TV Difusora, o programa Algo Mais, que vai ao ar todos os sábados. Foi por meio desse programa que ela se tornou mais conhecida no Estado.

Maníaco das Unhas
Pacientes e voluntários do Hospital do Câncer Aldenora Bello assistirão, em primeira mão, à divertida comédia “As Vizinhas e o Misterioso Caso do Maníaco das Unhas”, da Companhia Rodapé de Teatro. A pré-estreia acontecerá nesta quinta-feira, às 16h, na unidade de saúde. Com direção de Fernando Braga, o espetáculo entrará no circuito comercial neste sábado, às 20h, no Teatro da Amei, no São Luís Shopping. A comédia terá reapresentações nos dias 28 de abril e 5, 12, 19 e 26 de maio, sempre às 20h.

Para escrever na pedra:
“Posso esquecer quem me deixou triste, mas não esqueço jamais quem me fez feliz”.
De autor desconhecido.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.