Cidades | Mudança

Novo comandante do BPRv admite mudar estratégia de blitze

Coronel Eurico Alves pode traçar novas diretrizes de trabalho, mas ainda não há nada definido
Daniel Júnior 18/04/2018
Novo comandante do BPRv admite mudar estratégia de blitzeCoronel Eurico Alves é o novo comandante da BPRv (Biné Morais / O ESTADO)

O coronel Eurico Alves assumiu, na manhã de ontem, 17, o comando do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária do Maranhão (BPRv). O oficial não descartou a adoção de novas estratégias para as fiscalizações em sua gestão. Nas primeiras horas no posto, Eurico Alves se reuniu com oficiais para analisar a atuação do órgão e traçar diretrizes de trabalho.

“Assumi o comando hoje e, neste momento, estou realizando uma reunião com oficiais para fazer uma análise sobre a atuação do BPRv”, informou. Questionado se implementará mudanças no modo de atuação do batalhão, ele sinalizou positivamente. “Não descarto traçar novas diretrizes de trabalho. Mas ainda não defini, porque estamos dialogando”, explicou Eurico Alves a O Estado, enquanto estava reunido com oficiais na sede do BPRv, no bairro São Cristóvão, em São Luís.

O BPRv estava sem comandante desde o início deste mês, quando o tenente-coronel Carlos Augusto Magalhães foi exonerado, em meio a uma polêmica envolvendo o vereador de São Luís Edson Gaguinho (PHS), que alegou ter sido abordado de forma truculenta por uma guarnição do BPRv, na Vila Janaína, bairro onde mora.

Um vídeo propagado em redes sociais e postado em blogs mostrou os policiais vistoriando o veículo do político, uma caminhonete Hilux, após interceptá-lo em via pública.

Nos dias que se seguiram à abordagem, Gaguinho usou o espaço de emissoras de rádio e a tribuna da Câmara Municipal para denunciar o abuso de autoridade do qual alegou ter sido vítima.

Em nota pública, a Câmara Municipal repudiou a atitude agressiva dos policiais para com o vereador e cobrou providências da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Leilões
Levantamento divulgado recentemente mostrou que até meados de março deste ano o Governo do Estado já havia leiloado mais de 1.500 veículos aprendidos em fiscalizações de trânsito, por meio de empresa contratada para cumprir tal finalidade.

Grande parte dos carros e motocicletas arrematados nesses leilões foram recolhidos nas ruas em fiscalizações realizadas pelo BPRV, que inicialmente era uma companhia, mas foi elevado ao status de batalhão, com maior contingente. A unidade foi aparelhada com mais viaturas e instrumentos tecnológicos de ponta, para aumentar a efetividade das suas operações.

Dados referentes aos últimos três anos estimam que quase 2.500 veículos apreendidos em blitze de trânsito foram leiloados pelo governo do Maranhão.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte