O Mundo | Tratamento

Corte britânica nega a pais de bebê em estado terminal direito de levá-lo a Roma

Alfie Evans, de 23 meses, está em estado semivegetativo que médicos consideram irreversível e justiça determinou que suporte à vida seja retirado pais insistem em tratamento; papa Francisco rezou por bebê no domingo,15
17/04/2018

LONDRES - A Corte Britânica de Apelações se pronunciou ontem contra os pais de um bebê com uma doença terminal que buscavam permissão para levá-lo à Itália para tratamento médico que cortes inferiores bloquearam. As cortes inferiores determinaram a suspensão do suporte à vida.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte