Cidades | Transtornos da chuva

Já são oito os municípios em Situação de Emergência no MA

Entre as cidades mais afetadas pelas fortes chuvas no interior do estado estão Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo e São João do Sóter; Caxias decretou emergência na manhã de ontem
Daniel Júnior / O Estado13/04/2018
Já são oito os municípios em Situação de Emergência no MAPedreiras é uma das cidades castigadas pelas chuvas intensas (Divulgação/Agência Assembleia)

Subiu para oito o número de municípios do interior do Maranhão que estão em Situação de Emergência por causa dos temporais que atingem o estado nos últimos dias. De acordo com boletim divulgado na tarde de ontem pela Defesa Civil Estadual, foi decretada emergência em Marajá do Sena, Pedreiras, Trizidela do Vale, Lago dos Rodrigues, Presidente Vargas, Brejo, São João do Sóter e Caxias.1.227 famílias estão desalojadas, conforme o último boletim emitido pelo Estado.

Ainda segundo o boletim, um posto de comando da Defesa Civil foi instalado em Trizidela do Vale para atender aos municípios do centro maranhense banhados pela bacia hidrográfica do Mearim, onde estão a maioria das cidades com quadro de inundação.

A última cidade a ter decretada Situação de Emergência, na manhã de ontem, foi Caxias, em decorrência dos efeitos prolongados das chuvas ocorridas nos últimos dias e a consequente cheia da Bacia do Rio Itapecuru, que subiu mais de três metros, alagando casas e causando prejuízos na estrutura da cidade, o que caracteriza desastre nível I decorrente de inundação.

As chuvas que têm atingido Caxias provocaram o desalojamento de centenas de pessoas, que já começaram a serem assistidas pela Defesa Civil Municipal. Alguns locais estão sem água potável, energia e alimentação. Os estragos provocados atingiram ruas, avenidas e estradas vicinais devido à queda de árvores e barreiras

Afetados
Em Tuntum, 376 famílias foram afetadas pelas inundações e 300 em Presidente Vargas, atingidas pelas enxurradas. Em Brejo, 200 foram afetadas pelas intensas chuvas, e Marajá do Sena registrou 114 atingidas. As pessoas desalojadas estão recebendo assistência de mantimentos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Os municípios de Timbiras e Cantanhede estão em alerta por conta da elevação do rio que banha as duas cidades. As chuvas causaram estragos no município de Estreito, a 750 km de São Luís. Nesta quinta-feira (12), o cemitério municipal amanheceu debaixo de água. Os túmulos foram praticamente encobertos com a água que caiu durante a madrugada, na região.

SAIBA MAIS

PREVISÃO DO TEMPO

Em 10 dias, já choveu quase a metade do previsto para todo o mês de abril, de acordo com o Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). A média histórica de chuvas no mês de abril é de 476 milímetros e, de acordo com a meteorologia, a previsão é que este número seja ultrapassado. De acordo com as previsões iniciais da meteorologia em 2018, a tendência é que as chuvas fiquem acima da média em todo o Maranhão. A expectativa é de que somente a partir dos meses de maio, junho e julho haja redução no volume de chuvas. O meteorologista Gunther de Azevedo Resschke explicou que a previsão de chuvas para cada mês é realizada com antecedência, em conjunto com os centros estaduais de meteorologia do Nordeste e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/Inpe). Em casos de emergência, a Defesa Civil pode ser acionada, pelo número 193.

RUGBY SOLIDÁRIO

Os clubes de rugby de São Luís lançaram uma campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal para serem doados aos desabrigados pela enchente do riacho Tuntum. Trata-se da campanha “SOS para Tuntum: O Rugby está com vocês!”, que reuniu seis clubes da modalidade - Associação Maranhão Rugby (AMARu), do São Luís Rugby Club, do Suçuaranas Rugby, do Sindicato da Primeira Linha, do Saint Patricks Rugby (SPAC-MA) e Confraria Rugby.
Os donativos podem ser entregues em quatro pontos de coleta de donativos - o restaurante Parada Obrigatória, na Ponta d’Areia; na casa de Shows Tom Music, na Avenida São Luís Rei de França e nas academias Fitness Club e Personal Group, na Avenida dos Holandeses – e nos locais de treino dos cinco clubes que organizaram a iniciativa.
O rugby vem sendo praticado com regularidade no Maranhão desde 2011.

DESALOJADOS

Conforme o último boletim emitido pela Defesa Civil Estadual, este era o total de famílias afetadas diretamente pelas enchentes:

Trizidela – 98 famílias
Pedreiras – 87 famílias
Bacabal – 36 famílias
Imperatriz – 15 famílias
Cantanhede – 1 família
Os registros não trazem os números de Caxias

Cidades em que a Defesa Civil do Maranhão notificou situação relacionada a enchentes:

- Paulino Neves
- Imperatriz
- Presidente Vargas
- Nina Rodrigues
- Pedreiras
- Barra do Corda
- Bacabal
- Timbiras

Fonte: Defesa Civil Estadual

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte