Geral | Julgamento de Lula

Grupo faz protesto na porta da Polícia Federal em São Luís

Manifestantes pedem a prisão do ex-presidente Lula e manifestam apoio ao juiz Sérgio Moro; julgamento no STF acontece nesta quarta-feira (4)
03/04/2018 às 18h53
Manifestantes se reuniram na porta da PF, na Cohama

SÃO LUÍS - Um grupo de manifestantes se reuniu, no fim da tarde desta terça-feira (3), na porta da sede da Polícia Federal, no bairro da Cohama, para pedir a prisão do ex-presidente Lula, que terá julgamento do seu habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quarta-feira. Os manifestantes exibiam cartazes pedindo o fim da corrupção e palavras de apoio ao juiz Sérgio Moro. O protesto não atrapalhou o trânsito na avenida Daniel La Touche. Eles pediam o apoio dos motoristas que passavam pelo local.

Com a condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Lula está enquadrado como "ficha suja" e terá seu destino na eleição definido pelo plenário da Corte Eleitoral na sessão desta quarta. O petista pode conseguir afastar a inelegibilidade caso consiga uma liminar favorável à sua candidatura.

Manifestantes pedem apoio dos motoristas

No último dia 22, o STF adiou para o dia 4 o julgamento do pedido de Lula para responder ao processo em liberdade até serem esgotados todos os recursos judiciais. Além disso, o Supremo concedeu uma liminar impedindo que o ex-presidente seja preso até a análise do habeas corpus.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte