Cidades | OPORTUNIDADE PARA ESTUDANTES

Marinha abre concurso de admissão ao Colégio Naval

Inscrições poderão ser feitas até o dia 20 de abril; candidatos devem ter de 15 a 18 anos, ter concluído o 9º ano do Ensino Fundamental ou estar em fase de conclusão e ser do sexo mascu formulário com os dados do candidato interessado, no site da Marinha.
Robert W. Valporto / O Estado29/03/2018
Marinha abre concurso de admissão ao Colégio NavalMarinha do Brasil faz concurso de admissão para o Colégio Naval (Biné Morais / O ESTADO)

A Administração Naval da Marinha abriu concurso de admissão de 190 estudantes ao Colégio Naval. As inscrições poderão ser feitas até o dia 20 de abril, preenchendo o formulário com os dados do candidato interessado, no site da Marinha.

O Colégio Naval é um estabelecimento de ensino médio da Marinha do Brasil, sediado em Angra dos Reis, no Estado do Rio de Janeiro. A sua proposta é preparar os alunos para ingressarem na Escola Naval, instituição de ensino superior onde são formados oficiais da Marinha. Por conta disso, o curso no Colégio Naval é conhecido como Curso de Preparação de Aspirantes.

Para participar, o estudante precisa ser brasileiro nato; ter 15 anos completos e menos de 18 no dia 1º de janeiro do ano do curso; ter concluído o 9º ano do Ensino Fundamental ou estar em fase de conclusão; não ser casado ou ter constituído união estável, permanecendo assim durante todo o período em que estiver no Colégio Naval; ser do sexo masculino; ter idoneidade moral e bons antecedentes para a situação de futuro oficial da Marinha; e estar em dia com as obrigações civis e militares.

Etapas do Concurso
O candidato fará, na primeira etapa, uma prova objetiva com 20 questões de Matemática e 20 de Inglês na primeira fase. Na segunda etapa, haverá 20 questões de Português, 12 de Estudos Sociais, 18 de Ciências e uma Redação. (Eliminatória e classificatória).

Depois, o candidato participará de Eventos Complementares eliminatórios constituídos de: Inspeção de Saúde (IS); e teste de Aptidão Física (TAF); Após isso, farão um Curso de Formação composto de: Período de Adaptação (eliminatório); Verificação de Documentos (eliminatório); Avaliação Psicológica (eliminatório); e Curso de Formação propriamente dito (eliminatório e classificatório).

Após serem aprovados na Prova Objetiva, no Teste de Aptidão Física e na Inspeção de Saúde, os candidatos entram no Período de Adaptação, em regime de internato, com duração de três semanas, podendo sair para visitar a família após a primeira. Terminada essa etapa, os rapazes se formam e recebem platinas de alunos do Colégio Naval.

Passada a Adaptação, é iniciado o Curso de Preparação de Aspirantes, com duração de três anos. Durante esse tempo, os alunos estudam disciplinas do Ensino Médio, recebem instruções militares e são custeados com uma bolsa auxílio de R$ 989, além de receberem diversos benefícios, tais como alojamento, alimentação, ajuda para aquisição de uniformes, assistência médico-hospitalar, entre outros.

O regime é o internato, tendo os fins de semana livres, quando não estão de serviço. É preciso que os alunos sejam aprovados para serem aproveitados no primeiro ano da Escola Naval sem a necessidade de fazer concurso externo.

Plano de Carreira
O Colégio Naval é a porta de entrada para aqueles que pretendem ser oficiais da Marinha do Brasil. Como aluno, durante os três anos em que estiver cursando, o estudante é considerado Praça Especial, tornando-se aspirante somente na Escola Naval (ensino superior). No quinto ano na Escola Naval, que compreende Estágio e Viagem de Instrução, torna-se Guarda-Marinha e no retorno ao Brasil passa a ocupar o posto de Segundo-Tenente.

A carreira de oficiais na Marinha compreende os seguintes postos: Segundo-Tenente, Primeiro-Tenente, Capitão-Tenente, Capitão de Corveta, Capitão de Fragata, Capitão de Mar e Guerra, Contra-Almirante, Vice-Almirante e Almirante de Esquadra. O estudante recebe uma bolsa-auxílio de R$ 989,00 mensais, curso totalmente gratuito, alojamento, alimentação, ajuda para aquisição de uniformes, assistência médico-hospitalar e alimentação.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte