Último dia de folia

Foliões fecharam a folia de Momo com disposição na capital

Muita animação em diversos pontos de São Luís marcaram a despedida do carnaval 2018.

NATÁLIA REIS / O ESTADO DO MARANHÃO

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33

Hora de se despedir da folia, mas antes disso os foliões aproveitaram as últimas programações na noite de ontem, 13.

Na passarela do samba, no Anel Viário os desfiles finalizaram com apresentações dos blocos indígenas, como os blocos Upaon Açu, Guarani, Tupiniquin e Curumirim. Seguindo a folia, os blocos de matriz africana marcaram a noite da passarela.

Entre os blocos, as cores fortes e apresentação marcante do primeiro bloco africano da noite, o bloco Abiyêyê Maylô, que trouxe nas roupas e acessórios a demonstração da raiz africana. Quem também mostrou presença foi o bloco Akomabu, do Anjo da Guarda, que com sua organização trouxe coreografias bem ensaiadas e cores marcantes em suas roupas, além de uma grande quantidade de brincantes.

A noite de apresentações encerrou com os blocos Omnirá, Juremê, Oficina Afro, Abibimã e GDAM. E para fechar a programação da passarela o intérprete da Estações Primeira de Mangueira, Paulo Roberto da Silva, mais conhecido como Ciganerey cantou com a participação da escola de samba de São Luís, Favela do Samba.

Já nas ruas a folia aconteceu com muita animação, e nem mesmo a frio causado pela chuva desanimou os brincantes. Nas ruas do Centro e Madre Deus muitos blocos fizeram a festa.

Na Vila Gracinha, Rua do Passeio o bloco Os Trapalhões, da Vila Bessa desfilaram pelas ruas com seus instrumentos muito bem afinados, tendo a forte participação da população. E a animação também foi intensa. O bloco Amigos do Samba levantou os foliões com as antigas, mas ainda animadoras marchinhas de carnaval.

As fantasias criativas fizeram parte da noite. Muitos foliões ousados resolveram se caracterizar de mulheres, utilizando perucas, brincos, vestidos, entre outros acessórios. Na praça do Caroçudo, na Madre Deus foram os fofões que animaram a noite. Com suas fantasias coloridas e brilhosas e muita animação puxavam aqueles foliões “parados”.

O bloco da verdura e Os Especialistas, da Vila Gracinha, do Centro da capital também garantiram a animação dos foliões, que com seu batuque arrastou quem passava pelo local.

Foliões fecharam a folia de Momo com disposição na capital

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.