Cidades | Balneabilidade

Praias impróprias reduzem expectativa dos hoteleiros em SL

Mas, mesmo com o mar poluído, a movimentação de pessoas foi grande no fim de semana na orla da Ilha; muitos aproveitaram para se divertir
Thiago Bastos e Daniel Júnior / O Estado12/02/2018

A condição negativa da orla da Região Metropolitana de São Luís que – pela segunda semana consecutiva, de acordo com o último laudo de balneabilidade emitido pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) – está com 100% dos trechos impróprios para banho diminui a expectativa de boas ocupações por parte do setor hoteleiro. Levantamento feito pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Maranhão (ABIH) apontou que a taxa de ocupação da rede hoteleira na capital deveria aumentar 40% durante o Carnaval. No entanto, a própria entidade reconhece que o percentual seria maior, caso as condições das praias estivessem melhores. Na contramão do turismo, a população da Ilha não pareceu preocupada com a poluição e lotou as praias no fim de semana.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte