Cidades | Emergências na folia

Hospitais planejam atendimento durante o Carnaval em São Luís

Serviços de urgência e emergência estarão a postos para a população; ambulâncias do Samu estarão descentralizadas, e haverá estrutura para atendimento no circuito
Robert W. Valporto / O Estado08/02/2018
Hospitais planejam atendimento durante o Carnaval em São LuísAmbulâncias do Samu não estarão apenas na sede, no Filipinho, mas no circuito e em quatro bases (Paulo Soares / O Estado)

Os hospitais da rede pública e privada já estão com seus planejamentos para funcionamento durante o período da Carnaval deste ano, para garantir atendimento aos foliões e não foliões em caso de necessidade.

A rede de urgência e emergência foi reforçada em sua estrutura de pessoal e material para garantir o pleno funcionamento da rede de urgência 24 horas, segundo a Prefeitura de São Luís.

Para o atendimento de alta complexidade, estarão funcionando o Socorrão I e II (adultos) e Hospital da Criança (casos de clínica médica). Crianças com trauma, ou que precisem de atendimento neurológico, deverão ser levados para atendimento no Socorrão I. Casos de urgência de média complexidade serão atendidos nos Socorrinhos (Cohatrac e São Francisco), Posto de Saúde do Anil e UPA da zona rural.

As quatro Unidades Mistas (São Bernardo, Itaqui Bacanga, Coroadinho e Bequimão) estão preparadas para realizar pequenas cirurgias, curativos e atendimentos clínicos de média complexidade.

Samu
Ainda conforme a Prefeitura de São Luís, duas ambulâncias estarão posicionadas exclusivamente para atender ao circuito da folia (Passarela e Madre Deus), mas o trabalho contará com o apoio de toda a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estará circulando no atendimento às ocorrências na cidade.

Para assegurar o menor tempo-resposta possível no atendimento das chamadas telefônicas, além da sede do Samu estarão em operação também as quatro bases descentralizadas (Vila Fialho, Cidade Olímpica, Itaqui-Bacanga e São Bernardo).
Nesses centros, os principais casos nesse período são de traumas decorrentes de acidentes com motocicletas, lesões por armas e embriaguez alcoólica, normalmente associada à direção.

São Domingos
A coordenação de emergência do Hospital São Domingos, um dos principais do setor privado da capital, informou que aquele centro hospitalar trabalhará com o mesmo efetivo, suficiente para atender o público durante as festividades.

Segundo o médico Luís Ângelo de Viveiros, coordenador de emergência, há apenas um planejamento para casos de catástrofe, em que são encaminhadas vítimas em um mesmo caso. “Nos casos de catástrofe, nós já temos um cronograma preparado para conseguir atender todos, pois é são os únicos em que nosso efetivo poderia não ser suficiente”, frisou.

Ainda segundo Luís Ângelo Viveiros, os principais casos recebidos no hospital nesse período são de pessoas que sofrem acidentes. “Os casos mais frequentes são de pessoas que sofrem acidentes em veículos e cometem algum excesso, no caso de associar bebida e direção, ou ingerem bebidas alcoólicas demais e caem na beira da piscina, por exemplo”, contou.

A coordenação do hospital recomenda aos foliões, sobretudo, que evitem os excessos, principalmente beber e dirigir, para que muitos casos como esses sejam evitados.

UPAs
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) comunicou que as unidades da rede estadual estão devidamente preparadas para atender às ocorrências do período carnavalesco. Dessa forma, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) atuarão com 100% do seu efetivo, sendo suficiente para receber as demandas durante os dias de festa. Além disso, haverá reforço no estoque de medicamentos, tais como antieméticos, analgésicos, soros para hidratação, materiais para curativos e sutura.

Quanto às ocorrências, a SES informou que os casos mais comuns de emergências nas UPAs são os de embriaguez, infecção intestinal, agressão física, nos quais se enquadram os ferimentos ocasionados por arma branca ou arma de fogo.

Por fim, a SES ressaltou que as medidas adotadas nas unidades da rede estadual visam assegurar o atendimento rápido, seguro e eficaz à população.

SAIBA MAIS

Dicas para ter um carnaval seguro

Se dirigir, não beba! Se beber, não dirija!
Se dirigir, não beba! E se beber, não dirija! Simples assim, portanto não há dificuldades em cumprir, especialmente por conta da chamada Lei Seca, que coloca blitze policiais aos montes nas principais cidades do país.

Cuidado com os bêbados
É importante ficar atento aos outros motoristas, já que nem sempre todos têm consciência de que não é correto beber ao volante. Portanto, tome muito cuidado com os motoristas bêbados, sendo essencial redobrar a atenção na hora de dirigir no Carnaval, além de ser necessário observar os bêbados pedestres, que também surgem, atravessando no sinal vermelho, ou fora da faixa.

Evite aglomerações
Observar as aglomerações, que ocorrem sempre, e que podem gerar acidentes graves. Portanto, se você sabe que há alguma aglomeração por perto, procure evitá-la, e, se possível, procure deixar o carro estacionado em algum local seguro e siga a pé durante a passagem por esta aglomeração, para evitar qualquer tipo de transtorno.

Cuidado redobrado com os assaltos
Assaltos e roubos de carros aumentam. Fique atento, procurando saber onde estacionar e evitando deixar o carro parado na rua, principalmente se você souber que se trata de uma região onde roubos de carros ocorrem em larga escala. O melhor é evitar usar o carro durante o Carnaval, sendo melhor ir para a folia de táxi ou a pé.

Hidrate-se
Com tanta festa, a maioria deixa a água de lado, mas nessa época de calor e com o abuso de bebidas alcoólicas, a água é imprescindível, pois o álcool desidrata ainda mais o corpo. Para evitar problemas, intercale bastante água com a bebida alcoólica.

Alimente-se bem
A curtição é boa e a alimentação só vem quando a fome já está falando alto. Evite se alimentar de forma irregular, pois o corpo cansado precisa de bons alimentos. Dê preferência para alimentos saudáveis, como integrais, vegetais e frutas. Eles são leves e ricos em nutrientes. Uma boa dica é fazer um café da manhã reforçado, ele te sustentará e nutrirá para a folia.

Sexo seguro
Apesar de muitos alertas nas mídias, muitos, em meio à empolgação, acabam não dando importância para o uso do preservativo, e isso pode causar problemas sérios de saúde como as DSTs ou uma gravidez indesejada. Portanto, use camisinha.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.