Cidades | Precipitações

Chuvas com maior intensidade são esperadas para São Luís

Incidência de raios também deve ser maior este mês, conforme o Laboratório de Meteorologia da Uema; previsão é de 373 milímetros de chuva para todo o mês, mas já choveu 48,75%
Natália Reis / O Estado06/02/2018
Chuvas com maior intensidade são esperadas para São LuísChuvas terão mais intensidade durante o mês de fevereiro em SL (Paulo Soares / O Estado)

SÃO LUÍS - Os últimos dias foram marcados por muita chuva, deixando diversos pontos de São Luís alagados e causando estragos em ruas e avenidas. Conforme o Laboratório de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (NuGeo-Uema), chuvas constantes e com maior intensidade são esperadas para todo mês de fevereiro.

Segundo o NuGeo-Uema, neste mês são aguardados em média cerca de 373 milímetros de chuva. No último domingo, 4 a capital recebeu durante todo o dia 125,8 milímetros (mm) de água, segundo a contagem do laboratório da Uema. Porém, o Corpo de Bombeiros Militar do Bacanga contabilizou um número ainda maior, 157,5 mm. Nos primeiros quatro dias de fevereiro, 48,75% das chuvas esperadas para o mês já atingiram a capital.

O meteorologista da Uema, Marcio Eloi, garantiu que 2018 vai ser “ano de chuva”, baseado nas previsões meteorológicas. “Este ano, as chuvas, não só em São Luís, mas em todo o Maranhão, virão com intensidade constante. É bom estarmos preparados”, explicou. Ele destacou ainda que no mês de janeiro choveu em média 239,4 mm dos 244,2mm esperados.

Atenção

As chuvas intensas trazem, além de muita água, uma grande quantidade de raios, e para os próximos meses a incidência de raios será mais frequente, conforme afirmou Marcio Eloi. “É provável que as próximas chuvas venham acompanhadas de muitos raios. É importante lembrar que ao começar as chuvas não é bom ficar ao ar livre. Este ano, o número de raios em todo Maranhão promete ser grande”, alertou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte