Política | Triplex

Relator mantém condenação de Lula e aumenta pena para 12 anos

Desembargador João Pedro Gebran Neto negou recurso apresentado pela defesa do ex-presidente da República
24/01/2018 às 12h59
Relator mantém condenação de Lula e aumenta pena para 12 anos Lula é ex-presidente da República (Arquivo)

O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do recurso interposto pela defesa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, manteve a condenação do petista por corrupção e lavagem de dinheiro.

Ele rejeitou integralmente os recursos apresentados pela defesa durante o julgamento realizado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, e aumentou a pena do ex-presidente

Gebran Neto determinou pena final de 12 anos e 1 mês de reclusão e 280 dias multa para o ex-presidente. Anteriormente, a pena foi estipulada por Sérgio Moro em 9 anos e seis meses. Ele determinou ainda que a execução da pena se dará após recursos cabíveis no próprio TRF-4.

Em breve, mais informações sobre o caso.

Acompanhe o julgamento ao vivo, aqui.

Leia também:

Lamentavelmente Lula se corrompeu, diz procurador

Militantes realizam ato pró-Lula em frente a Justiça Federal no MA

Julgamento de Lula é um dos assuntos mais comentados no twitter

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte