Cidades | Sujeira

Lixo é acumulado próximo a hospital no Jardim Eldorado, em São Luís

Os moradores jogam lixo ali com frequência, podendo causar transtornos aos pacientes do HTO.
14/01/2018 às 00h00
Lixo é acumulado próximo a hospital no Jardim Eldorado, em São LuísLixo em terreno ao lado do muro de hospital (Biné Morais / O ESTADO)

Quem passa pela Rua Santa Quitéria, no Jardim Eldorado, se depara com uma grande concentração de lixo nas proximidades do Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Maranhão (HTO). Os moradores jogam lixo ali com frequência, podendo causar transtornos aos pacientes do HTO.

O problema é visto diariamente. É o que confirmou o aposentado Reinaldo Fagundes dos Santos, de 84 anos, que vai àquele hospital quase todos os dias. “Eu venho trazer minha filha com o marido dela e vejo as pessoas que jogam esse lixo aí, inclusive algumas delas saem com farda como se fossem do hospital. Se fede aqui fora, imagina no lá dentro [do HTO]”, denunciou.

Outro a perceber o problema com constância é o taxista Antonio Mesquita, de 52 anos. “A gente pode ver que o lixo está aí acumulado mesmo que a coleta tenha sido feita. Hoje mesmo o carro que leva o lixo do bairro já passou, mas o lixo está aí”, disse.

O Estado entrou em contato com a Prefeitura de São Luís para tratar do problema e quais saídas tomaria para o resolver. Por meio de nota, o órgão disse que o Comitê Gestor de Limpeza Urbana enviará equipes ao local para avaliar a situação.

O Comitê esclarece que, caso se trate de terreno público, o órgão irá providenciar a limpeza da área. Porém, se a área for particular, o caso será encaminhado à Blitz Urbana para que esta proceda a identificação do proprietário e aplique o previsto na Lei de Muros e Calçadas. O Comitê também pede o apoio da população para que faça o descarte do lixo domiciliar de forma adequada, acondicionando-o em sacos plásticos e colocando em sua porta nos dias e horários da coleta.

Ressalta, ainda, que resíduos não recolhidos pela coleta domiciliar devem ser entregues em um dos oito Ecopontos já em funcionamento na capital, localizados no Parque Amazonas, Bequimão, Turu, Angelim, Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança e Cidade Operária. Os Ecopontos funcionam das 7h às 19h, de segunda a sábado, e recebem restos de construção civil, poda e capina domésticos, bem como materiais recicláveis (papel/papelão, metal, plástico e vidro), óleo de cozinha usado e outros tipos de resíduos domésticos não perecíveis.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte