Geral | Incentivo ao turismo

Barreirinhas lança sistema para controle de turistas nos Lençóis

De acordo com a programação oficial, até o fia 16 deste mês, será realizado treinamento com todos os envolvidos no projeto
Thiago Bastos / O Estado09/01/2018
Barreirinhas lança sistema para controle de turistas nos Lençóis

A cidade de Barreirinhas – distante 254 quilômetros da capital – terá um sistema que controlará, de maneira digital, a entrada e saída de visitantes da localidade, considerada umas das principais atrações turísticas do estado. O mecanismo, idealizado pela prefeitura local com a parceria do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae), estará em fase de testes a partir de hoje (9) até o dia 16 deste mês e deverá estar em funcionamento de forma definitiva a partir do próximo mês de março.

Segundo os organizadores, o sistema consistirá em uma pulseira que deverá ser repassada aos visitantes. Pelo projeto, o turista somente terá acesso às dependências do Parque dos Lençóis, em Barreirinhas, se apresentar o dispositivo (que terá um chip de dados do usuários e armazenará dados como tempo de permanência, locais visitados e os consumos nos estabelecimentos locais.

Ainda de acordo com os idealizadores do projeto, o acessório estará disponível em agências de turismo locais devidamente credenciadas pela prefeitura local. De acordo com o Sebrae, pelo uso da pulseira, o turista inicialmente não pagará nada. No entanto, já há uma previsão de que, na data provável de junho deste ano, seja cobrado um valor de R$ 2 para manutenção do serviço. “Neste caso, somente será cobrado dos visitantes”, disse o consultor do Sebrae no Maranhão, Rânio Gamita.

De acordo com o gestor, até o fim do ano, além dos Lençóis, as visitações ao Rio Preguiças também deverão ser acompanhadas em tempo real. “Caso tudo dê certo no projeto do Parque, vamos estender o trabalho até o rio Preguiças”, informou o gestor do Sebrae. O projeto de monitoramento digital do turismo em Barreirinhas surgiu em 2008 e, no início do ano passado, foi retomado pela gestão local.

Saiba mais

O sistema de monitoramento foi idealizado a partir da necessidade de compartilhar, com toda a população local, os ganhos que a exploração do turismo proporciona ao segmento. A partir desta demanda, foi criado um grupo exclusivo para realizar estudos, acompanhar e gerenciar a implantação do sistema – e assim surgiu o NITT, o Núcleo de Inteligência Turística e Tributária, com membros de diversas secretarias municipais ligadas ao controle fiscal, representantes do Sebrae, do ICMbio e do trade turístico.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte