Réveillon

Diversidade religiosa marca chegada do Ano-Novo na Ilha

Umbandistas prepararam altar decorado com frutas e luzes, na areia da praia do Olho d’Água; Arquidiocese realizou missa na praia de São Marcos; além disso, houve shows e queima de fogos na Av. Litorânea, no Calhau

Thiago Bastos / O ESTADO

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33
Grupo de umbandistas durante ritual realizado na virada do ano, na areia da praia do Olho d’Água
Grupo de umbandistas durante ritual realizado na virada do ano, na areia da praia do Olho d’Água (reveillon 2018)

SÃO LUÍS - A festa do Ano Novo na Ilha foi marcada pela alegria e respeito à diversidade religiosa. Os umbandistas e católicos celebraram a chegada do novo ano com pedidos de prosperidade e paz. O encontro dos integrantes de umbanda foi realizado na noite deste domingo, 31, na praia do Olho d’Água e as homenagens se estenderam até as primeiras horas do dia 1º. Já o momento dos católicos aconteceu na Avenida Litorânea, no São Marcos, organizada pela Renovação Carismática Católica (RCC).
Os orixás como Oxalá, Nanã, Iansã, Xangô, Oxum, Oxumaré e Oxóssi foram reverenciados por admiradores. As manifestações começaram por volta das 18h deste domingo, 31, com a preparação dos banhos e toque do tambor em alusão à Iemanjá. À meia-noite, centenas de pessoas se dirigiram à maré e jogaram oferendas para a “rainha do mar”. “Vamos começar o ano Novo pedindo muita saúde e paz para todos”, disse Cabocla Iara, representante do Terreiro de Santo Antônio da cidade de Maracaçumé.
No total, representantes de 500 terreiros de todo o estado estiveram presentes no encontro, que já se tornou uma tradição na virada do ano e é organizado pela Federação de Umbanda do Maranhão. “Começar o ano energizado é a melhor coisa do mundo”, disse a seguidora de umbanda, Telma Regina Pessoa, que veio de Timon para passar o Ano-Novo na capital maranhense. Além das ofertas e dos ritos, também foram realizados shows das bandas Tropikália e Limão com Mel.
Os católicos celebraram a virada do ano com alegria e shows. A Renovação Carismática Católica (RCC) promoveu a Virada do Ano com Jesus, na praça do Pescador, avenida Litorânea. Além da Santa Missa, celebrando 2018 com frei Wanderlan Carvalho, diretor espiritual da RCC, também ocorreram shows.
Na primeira parte da programação, marcada pela missa com liturgia referente à Festa de Solenidade da Mãe de Deus e ao Dia Mundial da Paz, frei Wanderlan desejou que os católicos sigam as premissas da palavra de Deus para a construção de um mundo melhor. “Precisamos nos unir para fazer um mundo melhor no ano que se inicia. Que todos possam propagar a paz e o amor a Deus, independentemente das crenças ou circunstâncias”, disse.
A atração principal, após a celebração, foi a banda Oz Piradinhos. O público também usufruiu de tenda eletrônica e espaço gourmet. Para os pais com filhos, ainda havia o espaço kids. Muitas pessoas decidiram passar a virada do Ano Novo agradecendo a Deus pelas graças recebidas e desejando felicitações em 2018. “Eu somente tenho a agradecer, por todas as alegrias recebidas este ano”, disse a aposentada Maria das Graças Neves, de 63 anos.

Shows e queima de fogos
Na avenida Litorânea, muita gente chegou desde as primeiras horas da noite do último dia de 2017 para acompanhar a tradicional queima de fogos. No prolongamento da avenida Litorânea, o Governo do Estado montou palco especial para a espera de 2018. Crianças e adultos estavam ansiosos pouco antes da meia-noite.
“Eu espero um Ano Novo repleto de paz e esperança”, disse a técnica de enfermagem Tereza Cristina Silva.

Outras opções

Bares e restaurantes da avenida Litorânea montaram esquema especial para receber os clientes em uma data de grande demanda. Em alguns casos, os estabelecimentos permitiram reservas, feitas com várias semanas de antecedência. “Como gosto de passar o Réveillon na praia e com conforto, liguei para reservar este espaço há mais de um mês”, disse o advogado Marcus Moreira, que passou a virada do Ano em um dos estabelecimentos ao lado da família dele. Outras pessoas trocaram os bares pelas barracas nas dunas.

À meia-noite em ponto, em vários pontos da Litorânea, era possível ver queima de fogos em diferentes pontos, seja promovido pelo poder público ou aquelas realizadas em clubes e hotéis. O show de cores e luzes encantou o público. “Espero que 2018 seja de muitas alegrias e, principalmente, de melhores notícias para os brasileiros”, afirmou o professor Lúcio Nogueira.

Até o fechamento desta edição, a Polícia Militar do Maranhão (PM) não informou quantas pessoas compareceram à avenida Litorânea para acompanhar a virada do ano.

Réveillon 2018

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.