Edição Digital

O Mundo | Ameaça

Itália expulsou 100 pessoas por extremismo religioso em 2017

Desde 2015, 232 pessoas já foram forçadas a sair do país por esse motivo, segundo Ministério do Interior; ontem dois albaneses foram expulsos por conexões com grupos que promoviam jihad e tráfico humano
07/12/2017

ROMA - A Itália expulsou em 2017 cem pessoas ligadas com o extremismo religioso, os últimos dois deles jovens albaneses acusados de representar risco para a segurança do país, informou ontem o Ministério do Interior.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.