Alternativo | Cultura

Desativado desde 2012, Circo da Cidade volta a gerar debate em São Luís

Espaço Cultural que faz parte da história da cidade virou debate na Câmara e vereador cobra posicionamento da prefeitura, que nunca cumpriu promessa de reativação
24/11/2017 às 15h29
Desativado desde 2012, Circo da Cidade volta a gerar debate em São Luís Circo Cultural Nelson Brito foi desativado em 2012

SÃO LUÍS – No imaginário de vários artistas e do público, o Circo Cultural Nelson Brito – conhecido popularmente como Circo da Cidade (Aterro do Bacanga) -, ainda suscita debate na capital. Mesmo com várias promessas da Prefeitura de São Luís, o espaço, desativado em setembro de 2012, nunca foi remontado em outro local. Desde 2013 artistas vêm fazendo protestos pontuais pela reativação do local. Desta vez, o debate chegou na Câmara de Vereadores da cidade. Recentemente, o vereador Beto Castro (PROS) protocolou requerimento cobrando explicações da Prefeitura sobre a promessa do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), feita durante a campanha política do ano de 2016, referente à reativação do circo.

LEIA MAIS

Artistas cobram Prefeitura por reabertura do Circo da Cidade

Músicos fazem ato público pela volta do Circo da Cidade

Segundo o parlamentar, a prefeitura prometeu recentemente um projeto ao IPHAN com a ideia de montar uma nova estrutura, com 1 palco, capacidade para 500 pessoas sentadas, com arquibancadas, empilháveis, ampla lona tensionada, com dois mastros, camarim, banheiros, escritório e bilheteria.

Em 2012, o Circo da Cidade foi desmontado durante a gestão do ex-prefeito João Castelo, para dar início às obras do VLT. Em 2013, a Fundação Municipal de Cultura (Func) apresentou o projeto semelhante de reestruturação do Circo Cultural Nelson Brito. De acordo com a proposta à época, bem parecida com a atual, o espaço contaria com um palco e capacidade para até 500 pessoas sentadas. As arquibancadas seriam empilháveis e a nova lona seria do tipo tensionado. Também seriam instalados banheiros, escritório e bilheteria, no estilo contêiner - para facilitar a montagem e desmontagem.

OEstadoMA.com entrou em contato com a Prefeitura de São Luís e aguarda um posicionamento formal sobre o assunto.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.