Esporte | Fórmula 1

Campeão, Hamilton promete correr para vencer em Interlagos

Grande Prémio acontece neste domingo e o piloto inglês, campeão antecipado, diz que não abrirá mão de vitória
Gazetapress12/11/2017 às 07h00
Campeão, Hamilton promete correr para vencer em InterlagosHamilton foi pole position em Interlagos em duas ocasiões, 2012 e 2016 (Fia)

São Paulo - A Fórmula 1 está em São Paulo neste final de semana para a realização de sua décima nona e penúltima etapa da temporada 2017. Apesar dos títulos de pilotos e construtores já decididos em favor de Lewis Hamilton e sua Mercedes, o Grande Prêmio do Brasil no circuito de Interlagos promete ser muito disputado.

No GP do México, há duas semanas, Hamilton conquistou antecipadamente o Campeonato ao cruzar a linha de chegada em nono lugar, enquanto seu único desafiante, Sebastian Vettel, foi o quarto colocado. Com este resultado, o britânico abriu 56 pontos de vantagem na tabela de classificação, com apenas 50 ainda em jogo.

A forma como o título veio, entretanto, não agradou Hamilton, que esperava lutar pela vitória no Circuito Hermanos Rodriguez. Atingido por Vettel logo após a largada, o piloto da Mercedes teve um pneu furado e retornou aos boxes, perdendo muito tempo e obrigando-o a fazer uma prova de recuperação.

O título assegurado não diminuiu o ímpeto do inglês, que garante a motivação para vencer no Brasil e em Abu Dhabi.

"Eu não mudei a forma de encarar as corridas, mesmo agora. Eu ainda quero vencer as últimas corridas, e isto é exatamente o que eu vou tentar fazer, como sempre," afirmou o tetracampeão.

Hamilton recordou a temporada de 2015, quando também conquistou o título antecipadamente, mas não voltou a vencer nas provas restantes do calendário.

"Eu geralmente não gosto de olhar para trás e me lamentar. Mas eu não quero ficar naquela posição de novo, então planejo manter a pressão do jeito que tem sido," completou.

Se Hamilton ainda está focado em vencer corridas, a Mercedes começa a voltar suas atenções para a próxima temporada. Segundo o chefe da equipe, Toto Wolf, as duas próximas etapas já servirão como teste para diversos componentes do carro de 2018, mas isso não quer dizer que a escuderia alemã não irá correr para vencer.

"Dentro da equipe, nós estamos encarando as duas próximas corridas como os dois primeiros GPs de 2018, e nós estamos determinados a vencer e carregar o momentum positivo para o inverno. Não haverá relaxamento só porque o Campeonato está decidido," garantiu o dirigente alemão.

Outra razão para a Mercedes se manter motivada nas pistas é a possibilidade de Valtteri Bottas conquistar o vice-campeonato. Com 262 pontos, 15 a menos que Vettel, o finlandês está no páreo, e o piloto da Ferrari está em alerta. Um bom resultado em São Paulo, neste domingo, é fundamental para que o alemão encerre a temporada com o segundo lugar no geral.

“O México foi uma grande decepção, mas aqui é uma corrida diferente e um novo desafio. Para essas últimas duas provas, queremos fazer tudo realmente bem como uma equipe e aproveitar os finais de semana. Não paramos de desenvolver nosso carro e, este ano, melhoramos isso para nos dar vantagens também para o futuro”, analisou Vettel.

A corrida em Interlagos será a primeira da história da Fórmula 1 a reunir dois tetracampeões mundiais. Vettel, ansioso pelo quinto título, espera um 2018 mais produtivo com a Ferrari, equipe pela qual compete desde 2015.

“Difícil dizer, todos estamos esperando um carro melhor. Vamos ver, mas quero fazer um ano melhor com certeza e brigar pelo campeonato”, projetou o alemão de 30 anos.

MASSA SE DESPEDE - A corrida deste domingo marcará a despedida de Felipe Massa. O piloto brasileiro confirmou sua aposentadoria da Fórmula 1 no final deste ano, e correrá no Brasil pela última vez. Em 2016, depois de anunciar sua retirada das pistas, Massa teve uma grande despedida em Interlagos, mas antes da temporada de 2017 começar, foi convidado pela Williams para disputar mais um Mundial.

Com previsão de tempo seco no domingo, a largada para o GP do Brasil de Fórmula 1 está marcada para as 14 horas (de Brasília).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte