Esporte | Beach Soccer

Sampaio Corrêa segue preparação para a Copa Libertadores

Em preparação para a Copa Libertadores de beach soccer, Tricolor vence amistoso contra o Moto e o técnico Chicão vê o time em ascensão; competição será realizada no Paraguai
08/11/2017
Sampaio Corrêa segue preparação para a Copa Libertadores Chicão orienta jogadores do Sampaio durante amistoso contra o Moto (Paulo Soares / O Estado)

SÃO LUÍS - A equipe do Sampaio Corrêa de Beach Soccer intensifica a preparação para a disputa da Copa Libertadores de Beach Soccer, que será disputada entre os dias 11 e 18 de novembro, em Assunção (Paraguai). O treinador do Tricolor, Francisco Castelo Branco, o Chicão, comandará ainda um último amistoso antes da viagem para São Paulo de onde a equipe embarca para a capital paraguaia.

Chicão começou a preparar a equipe no dia 3 de novembro, em São Luís. O treinador revelou que a principal dificuldade do time será o entrosamento. “O time só estará completa na sexta-feira em São Paulo quando os jogadores daqui se juntarem aos que estavam na Seleção Brasileira em Dubai. Com isso, acho que vai faltar um pouco de entrosamento, que devemos adquirir durante a competição. Porém, vamos para a competição com um time bastante forte que vai brigar por título”, explicou o treinador.

No jogo amistoso contra o Moto Club, realizado na noite da segunda-feira (6), que contou apenas com os jogadores locais, Chicão considerou o resultado positivo. “Apesar do time não estar totalmente completo vencemos por 4 x 2. E faremos amanhã [hoje] mais um jogo treino, antes da viagem”, comentou.

O Sampaio enfrentou o Moto apenas com Jeffinho, Paulinho, Eudim, Edinho, Serginho e Roberto. “Jogamos apenas com seis jogadores e conseguimos uma boa vitória”, avaliou o treinador.

Para Chicão, o time tende a ficar mais forte com as chegadas de Datinha, Mão, Bruno Xavier, Felipe, Zé Lucas e Nelinho. “Não querendo desmerecer os jogadores que estão aqui, que tem muita qualidade, mas com a chegada dos outros seis atletas que estavam em Dubai teremos uma equipe mais forte em condições de brigar por título com o Vasco da Gama e o Gram Club do Paraguaia Malvin, do Uruguai e o San Rosario, da Argentina, que são em minha opinião os adversários mais difíceis que devemos encontrar na competição”, comentou.

Essa é a primeira competição internacional que a equipe de Bach Soccer do Sampaio Corrêa disputará e a expectativa é muito grande. “Em primeiro lugar é um orgulho muito grande podermos representar o Maranhão em uma competição internacional. Há também a responsabilidade de fazermos uma boa competição Sabemos que será muito difícil, muito pegada, muito aguerrida. Mas nos também acreditamos na nossa força”, comentou.

Copa Libertadores de Beach Soccer terá 12 equipes: um representante de cada país, indicados pelas federações nacionais, um time do país sede (indicado pela federação paraguaia) e o atual campeão, Vasco da Gama (RJ), que venceu a competição em janeiro deste ano, o torneio havia sido adiado de dezembro de 2016 em função da tragédia envolvendo o avião da delegação da Chapecoense. Para a vaga nacional, a Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB) confirmou o time maranhense, atual vice-campeão do Campeonato Brasileiro e campeão da Copa Brasil 2016.

O presidente da CBSB também falou da importância dessa competição para o beach soccer da América do Sul. “O apoio da Conmebol tem sido muito importante para o desenvolvimento do beach soccer na América do Sul. O esporte não para de crescer e evoluir, e a Conmebol está sendo uma grande parceira da modalidade, pois antes só tínhamos as Eliminatórias chanceladas pela entidade. Agora, além de competições como Copa América, Liga Sul-Americana e Campeonato Sul-Americano de seleções, temos a Libertadores e atenção especial às categorias de base e a intenção de incentivar o beach soccer feminino. Isso nunca existiu, é pensar no esporte, no fomento do beach soccer”, afirmou Royo.

Equipe do Sampaio na Libertadores

Goleiros: Mão e Jeffinho

Fixos: Paulinho, Bruno Xavier e Felipe

Alas: Eudim, Edinho e Nelito

Pivôs: Serginho, RobertoZé Lucas e Datinha

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte