A gente conta... | Beleza

Policial é destaque pela beleza

O policial civil Paulo Roberto Silva já é Mister Maranhão CNB e Mister Model Brasil e vai tentar trazer a faixa de Mister Model International para o país
Adriano Soares - Da equipe de O Estado23/09/2017

Beleza, talento e simpatia são algumas características de um mister. Policial Civil e modelo, as duas profissões do maranhense Paulo Roberto Silva, que representará o Brasil no concurso Mister Model International, que acontecerá entre os dias 25 de outubro e 5 de novembro, em Miami (EUA).

Natural da cidade de Santa Helena (MA), Paulo Roberto faz parte do quadro de servidores da Polícia Civil há mais de três anos. Dedicado aos estudos, nunca pensou em seguir carreira no mundo da moda. Entretanto, uma situação inusitada o levou a ser visto e convidado a disputar vários concursos de beleza.

“Foi bem engraçado. Eu sempre gostei mais de estudar, realizar concursos públicos, mas não concursos de beleza, e por ironia do destino uma vez eu estava conversando com um amigo na porta da delegacia, tiraram uma foto e essa imagem foi parar em uma famosa página do Instagram. A partir daí, começaram a surgir alguns convites da área de Mister Model”, conta.

No começo, ele não se via como um modelo, mas aos poucos foi se adaptando à ideia. “Resolvi aceitar os convites que foram surgindo e até agora está dando tudo muito certo”, explica o representante do Brasil no Mister Model International.

Zoação

O mister e policial conta como foi para seus colegas de corporação aceitarem a ideia dele ser modelo. “Ah, no começo foi muita ‘zoação’. Eles brincavam muito comigo. Com o tempo, foram reconhecendo que isso é uma coisa que está me fazendo bem e está me levando a algum lugar, que eu estou crescendo nisso. Hoje em dia, eles me respeitam muito”, ressalta.

Conciliar as duas profissões, segundo Paulo, não é algo tão complicado. Como servidor da Polícia Civil, ele consegue se dedicar durante uma semana inteira à corporação, folgando na semana posterior, que é quando cumpre sua agenda como modelo. “Minha rotina é bem corrida mesmo. Na Polícia Civil, eu trabalho durante uma semana inteira e na outra eu fico de folga. É nessa semana de folga é que eu marco meus compromissos relacionados à moda e ao mundo de mister”, explica o jovem.

Credenciado

O que garantiu a Paulo Roberto ser o representante do Brasil no concurso internacional foi o fato de ele ter sido um dos finalistas do Mister Brasil CNB, onde representou o Maranhão. Por sua boa colocação, entre os 10 primeiros, foi convidado para o Mister Model International.

Ele vê na oportunidade uma forma de levar o nome do estado para fora, mostrando que o povo do Maranhão é capaz de chegar em lugares altos e de prestígio. “O mister não é só questão de beleza e aparência. Eu quero representar muito bem o nosso estado, o nosso país, levando o nome do Maranhão, a cultura, o nosso povo, para o mundo”, afirma.

Preparação
Além dos cuidados com o corpo, para fazer bonito no concurso Paulo tem uma preparação intensa, pois o Mister Model International envolve mais questões de moda e comportamento.

“Eu pesquiso muito sobre o assunto, procuro me manter bem informado sobre o que está rolando no mundo da moda masculina, para chegar lá no concurso e tentar ficar em uma boa colocação ou, até mesmo, trazer essa faixa para o Maranhão”, conta o modelo.

O maranhense, representante do Brasil na competição, relata que entre as principais dificuldades para participar do concurso destaca-se a questão financeira e a falta de apoio. “Aqui no Maranhão a gente ainda não tem muito apoio de lojas e patrocinadores, precisamos custear todas as despesas com roupas e suplementações. Essa é a principal dificuldade”, aponta.

Concurso

O evento acontece anualmente e visa eleger o candidato capaz de levar a faixa de mais belo modelo internacional do ano, além de disseminar ações filantrópicas nos países em que propagará a imagem do evento. Dois brasileiros já trouxeram a faixa para o país, o gaúcho William Rëch e depois o mato-grossense Victor Zanatta.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte