Política | JBS

Advogado nega benefícios financeiros aos irmãos Batista

Joesley e Wesley Batista são acusados de vender ações da JBS após informações privilegiadas
10/08/2017

São Paulo - O advogado Pierpaolo Bottini, que defende os empresários Joesley Batista e Wesley Batista, afirmou na noite de hoje (9), após depoimento dos irmãos na Superintendência da Polícia Federal (PF), que o grupo JBS não obteve vantagens com a compra de dólares e a venda de ações da companhia JBS às vésperas da delação premiada de Joesley. Os dois foram ouvidos nesta quarta-feira na sede da PF na capital paulista, em ação que investiga operações financeiras da empresa no período da delação premiada.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte