Esporte | Brasileirão

Em ''adeus'' de Elano, Santos para o Furacão para embalar

Técnico interino deixará o comando do Peixe em confronto em Curitiba
09/06/2017 às 19h51

Curitiba (PR) - Elano sabe que sua permanência no comando do Santos terminará neste domingo, no embate contra o Atlético-PR, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Alçado ao cargo de técnico interino após a demissão de Dorival Júnior, o ex-jogador irá 'passar a bola' para Levir Culpi a partir de segunda-feira. E para espantar a crise de vez e entregar o time bem ao novo treinador, o atual comandante espera terminar seu 'mandato' com 100% de aproveitamento.

"Não esperava que seria tão rápido essa experiência como treinador. Entrego um time com luta. Fui comunicado que serei o treinador no domingo. Eu quero entregar com vitórias. Tenho interesse de seguir carreira como treinador, mas acho que tem coisas que não dá para antecipar, tem que se preparar. Conheço bastante o time, mas nesse momento não optei por isso", explicou Elano.

E para o duelo deste domingo, o técnico interino não deve fazer grandes alterações em relação ao time que bateu o Botafogo, na última quarta, no Pacaembu. Voltando de suspensão, Bruno Henrique tem presença confirmada.

Já os titulares Lucas Lima, Zeca e Ricardo Oliveira seguem como dúvidas. O camisa 10 é quem tem mais possibilidade de jogar. Em fase final de recuperação de estiramento muscular na coxa direita, sofrido na partida contra o Coritiba, no dia 20 de maio, o meia já voltou a treinar normalmente com bola. Porém, a previsão inicial era de que ele voltasse apenas no clássico diante do Palmeiras, na próxima quarta, na Vila.

Zeca e Ricardo Oliveira preocupam mais a comissão técnica. Os dois não treinaram durante a semana e dificilmente viajarão para Coritiba. Sendo assim, Matheus Ribeiro e Kayke devem seguir no time titular.

Atlético-PR busca primeiro triunfo

Diante de seu torcedor, o Furacão buscará sua primeira vitória na competição, que ganhou ainda mais importância após a última rodada, que deixou o time na penúltima colocação, à frente apenas do Vitória, outro time que ainda não alcançou um resultado positivo sequer. O técnico Eduardo Baptista tem mostrado tranquilidade em relação à campanha, já que o desempenho do grupo agrada, mas um tropeço pode aumentar a pressão na Baixada.

Para evitar isso, dois jogadores devem reaparecer entre os titulares. O primeiro deles é o zagueiro Thiago Heleno, peça importante do sistema defensivo, poupado no empate diante do Fluminense. Ele volta no lugar de Wanderson. No meio-campo, Matheus Rossetto, que entrou na segunda etapa no Maracanã, agora deve ser titular no lugar de Lucho González.

O treinador rubro-negro já adiantou que montará um time equilibrado, para conseguir impor o jogo, mas sem se arriscar demais atrás.

“Vejo que é um jogo que temos que ganhar. Mas não é ganhar de qualquer jeito. Temos que estar organizados, buscando o gol e seguros defensivamente. Necessitamos desta vitória, mas precisamos fazer as coisas certas e equilibradas para que possamos conquistar o resultado, com o mínimo de risco possível”, avaliou.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X SANTOS-SP

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 11 de junho de 2017, domingo
Horário:19 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Michael Correia (RJ)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Deivid e Matheus Rossetto; Nikão, Pablo e Grafite (Eduardo da Silva)
Técnico: Eduardo Baptista

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro (Zeca); Renato, Thiago Maia e Vecchio (Lucas Lima); Bruno Henrique, Bueno e Kayke (Oliveira)
Técnico: Elano (Interino)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte