O Mundo | Mudanças

Líder do Irã é pressionado para promover direitos humanos

Aliados de Hasan Rowhani, que foi reeleito com mais de 57% dos votos, esperam que ele continue a fazer pressão por mudanças
31/05/2017

TEERÃ - Na semana que antecedeu a eleição presidencial de 19 de maio no Irã, o vencedor eventual, Hasan Rowhani, criticou o Judiciário e a poderosa Guarda Revolucionária, usando palavras raramente ouvidas em público na república islâmica. Agora, seus partidários consideram que é hora de ele mostrar a que veio. Milhões de seus seguidores esperam que ele continue a fazer pressão por avanços em questões de direitos humanos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte