Geral | Sobre jornalismo

Ana Zimermman e Alex Barbosa em palestra em faculdade de SL

Profissionais estiveram na abertura da Semana de Jornalismo, promovida pela Faculdade Estácio, e falaram sobre suas experiências profissionais
23/05/2017 às 22h02
Ana Zimermman falou de sua experiência profissional

A jornalista Ana Zimermman, da TV Globo em Curitiba (PR) e o repórter de rede Alex Barbosa, da TV Mirante, ministraram na noite desta terça-feira (23) palestra para alunos da Faculdade Estácio, em São Luís. A atividade fez parte da abertura da Semana de Jornalismo, da instituição de Ensino Superior.

Durante a fala, Zimermman abordou parte de sua experiência de profissional durante a cobertura da Operação Lava Jato, cujo foco das investigações se concentra especialmente na capital paranaense. Para contextualizar a palestra, Zimermman expôs alguns números das investigações que geraram a operação, conduzida pela Polícia Federal.

Ana Zimermman, Paulo Pelegrini e Alex Barbosa durante palestra

Após mencionar a Lava Jato, a jornalista comentou sobre os desafios da profissão. “Cada matéria te traz um desafio como profissional e, muitas vezes, você precisa dar uma abordagem diferente, o que é instigante como jornalista”, disse. Ela também citou o desafio de se trabalhar em uma era dominada pelas redes sociais. “A mesma notícia que você acaba de dar já está armazenada nas ferramentas digitais. O que você precisa fazer, muitas vezes, é trabalhar o conteúdo de uma forma mais aprofundada e que atraia a atenção do público”, afirmou.

Já o repórter Alex Barbosa contou sobre as suas primeiras reportagens veiculadas em rede nacional e a vinda para o Maranhão. “Cada cidade ou estado possui uma realidade, em que você precisa se adaptar, entender os costumes e as realidades e, a partir daí, extrair a informação mais fiel possível com a realidade”, disse.

Ele se dirigiu aos universitários e os alertou quanto aos deveres do jornalista. “Não deve se render ao cansaço e ter consciência da responsabilidade e do compromisso social da profissão”, afirmou.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte