Política | Audiência

Deputados alertam para risco de rompimento de barragem

Deputados vistoriaram barragem, com auxílio do Corpo de Bombeiros e realizaram audiência pública
05/05/2017 às 13h36
Deputados alertam para risco de rompimento de barragemDeputados vistoriaram Barragem do Flores (Agência Assembleia)

A Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa chamou a atenção hoje, em audiência pública, para o risco de rompimento da Barragem do Flores, situada no município de Joselândia.

A audiência pública foi realizada no auditório Dr. Cléber Carvalho Branco, em Trizidela do Vale, e contou com representantes de órgão e da sociedade. A comissão também vistoriou a barragem.

Dentre os encaminhamentos apresentados pelo colegiado, está o pedido de transferência do órgão que administra a barragem - Departamento Nacional de Controle das Secas -Denocs - para a Codevasf.

O risco de rompimento da barragem, segundo a comissão da Assembleia, também ameaça municípios vizinhos, como Pedreiras e Bacabal.

"Fizemos a visita técnica na barragem e hoje ouvimos a população. Vamos analisar a nossa forma de agir para que a barragem funcione de forma plena para benefício da região", afirmou Glalbert Cutrim (PDT).

O prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, lembrou que a enchente que ocorreu no município no ano de 2009 foi por causa do não funcionamento da barragem.

"Se tivesse funcionando não teria ocorrido o alagamento na nossa cidade. Foram 60 dias debaixo d'água e um verdadeiro caos. Por isso, estamos aqui para buscar uma solução para o problema. Já enviei ofícios para várias secretarias do Estado, para o governador Flávio Dino e até para Brasília, alertando sobre o risco eminente de uma catástrofe caso não ocorra intervenções naquela barragem, mas até o momento nenhuma resposta foi dada”, disse.

O Governo do Maranhão não se pronunciou sobre a denúncia feita pelo prefeito.

Saiba Mais

Participaram da audiência pública, os deputados Vinícius Louro (PR), Glalbert Cutrim (PDT), Fábio Braga (PDT) e Eduardo Braide (PMN); além de vereadores; representantes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e do Comitê de Bacias do Rio Flores.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte