Esporte | De volta!

Após demitir Eduardo Baptista, Palmeiras anuncia retorno de Cuca

O treinador fechou acordo nesta sexta-feira (5) e assinou contrato até dezembro de 2018
Estadão Conteúdo05/05/2017 às 22h03
Após demitir Eduardo Baptista, Palmeiras anuncia retorno de Cuca

SÃO PAULO - O técnico Cuca está de volta ao Palmeiras. Cinco meses depois de deixar o clube como campeão brasileiro, o treinador retorna para a vaga de Eduardo Baptista, demitido na última quinta-feira após a derrota para o Jorge Wilstermann, na Bolívia, pela Copa Libertadores. O acordo foi fechado nesta sexta, com contrato válido até dezembro de 2018.

A entrada da Crefisa na negociação contribuiu para que a pedida salarial do treinador fosse atendida. A patrocinadora do Palmeiras vai bancar parte dos vencimentos de Cuca, que volta para ganhar um valor superior aos R$ 400 mil mensais de 2016. Na última temporada, ele chegou em março e ficou até dezembro, quando deixou o cargo para cuidar de problemas particulares.

A resolução destas pendências na vida pessoal liberou o Palmeiras para acertar com o treinador. Cuca passou os últimos meses na cidade natal, Curitiba, onde jogou como atacante do time do bairro em que reside. O Flamengo de Santa Felicidade disputa ligas amadoras e tem o técnico como o principal componente do elenco da categoria para mais de 50 anos.

Cuca comandou o time no ano passado em 50 jogos com 28 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. O aproveitamento foi de 63%. Antes disso, em 1992, ele teve uma passagem pelo Palmeiras ainda como meia e disputou 24 partidas e marcou sete gols.

O retorno à Academia de Futebol será na próxima semana, para ser apresentado e começar o trabalho com o elenco. A estreia no cargo está marcada para o próximo dia 14, quando o Palmeiras inicia a defesa do título diante do Vasco, em jogo no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Assim como em 2016, o treinador chega ao clube com a Libertadores em andamento. O Palmeiras tem um jogo a fazer pela fase de grupos no próximo dia 24, em São Paulo, quando recebe o Atlético Tucumán, da Argentina, e precisa de um empate para se classificar.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte