Cidades | Sem acordo

Estudantes de Medicina rebatem UFMA e negam retorno às aulas

De acordo com os alunos, alguns pontos descumpridos pela instituição de ensino superior impedem a retomada das atividades. Universidade ainda não se pronunciou.
Thiago Bastos / O Estado 01/05/2017

SÃO LUÍS - Os estudantes do curso de Medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), campus Pinheiro, rebatem a informação – divulgada oficialmente pela instituição de ensino superior no dia 29 de abril deste ano – que retornariam às atividades amanhã (2). Segundo os alunos, alguns pontos descumpridos pela instituição de ensino superior impedem a retomada das atividades. Até o fechamento desta edição, a universidade não se pronunciou sobre o assunto.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte