Esporte | Copa Libertadores

Eduardo Baptista faz testes e põe Borja entre os reservas em treino do Palmeiras

O atacante colombiano foi vaiado contra a Ponte Preta, nas semifinais do Paulista
Agência Estado01/05/2017 às 16h02
Eduardo Baptista faz testes e põe Borja entre os reservas em treino do Palmeiras

SÃO PAULO - O técnico Eduardo Baptista encaminhou nesta segunda-feira, em treino na Academia de Futebol, a escalação do Palmeiras para encarar o Jorge Wilstermann, na quarta, na Bolívia, pela Libertadores. O comandante alviverde fechou à imprensa o início da atividade, mas permitiu a entrada dos jornalistas na parte final, em que apresentou mudanças.

Criticado por suas últimas apresentações e vaiado na eliminação diante da Ponte Preta, nas semifinais do Campeonato Paulista, Borja trabalhava entre os reservas quando a imprensa foi liberada para acompanhar o treino tático. Destaque da vitória sobre o Peñarol na semana passada, quando saiu do banco para marcar dois gols, Willian ficou com a vaga.

Mas esta não foi a única mudança testada por Eduardo nesta segunda-feira. Na lateral esquerda, o treinador também promoveu uma alteração e trabalhou com o meia Michel Bastos improvisado na posição em que iniciou a carreira. Ele também foi um dos destaques diante do Peñarol no segundo tempo, após passar a atuar justamente pelo setor. Se for confirmado como titular, Egídio perde a vaga.

Na atividade tática, o treinador escalou o Palmeiras com: Fernando Prass; Jean, Yerry Mina, Vitor Hugo e Michel Bastos; Thiago Santos, Tchê Tchê e Guerra; Róger Gueges, Dudu e Willian. Titular, Edu Dracena ficou de fora por conta de um trauma no joelho e preocupa para quarta-feira. Já Thiago Santos ocupou a vaga do suspenso Felipe Melo.

Zé Roberto, com tendinite, também não deve atuar. E até por estas dúvidas, Eduardo não confirmou o time do Palmeiras para encarar o Jorge Wilstermann. Borja pode seguir como titular, e aí quem sairia seria Róger Guedes, assim como Egídio, que ainda briga com Michel Bastos pela vaga na lateral esquerda. O treinador só deve anunciar a escalação momentos antes da partida.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte