Economia | Obrigação fiscal

Empresas que faturam mais de R$ 7,5 mi devem adotar NFC-e

Nova obrigação fiscal, que substitui a nota fiscal de venda ao consumidor e o cupom fiscal emitido por ECF, está acontecendo progressivamente em todo o Maranhão; para emitir a nova nota, é preciso ter certificação digital
28/04/2017

As empresas varejistas do Maranhão que faturaram mais de R$ 7,5 milhões em 2016 deverão se adequar à Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) a partir de segunda-feira (1º de maio). A NFC-e é um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar as operações comerciais de venda presencial ou venda para entrega em domicílio ao consumidor final (pessoa física ou jurídica) em operação interna e sem geração de crédito de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) ao adquirente.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte