Política | PED PT

Eleição interna do PT no Maranhão segue indefinida

Novidade no PED do partido é somente contestações que pedem anulação dos votos do candidato Zé Inácio
Carla Lima Subeditora de Política12/04/2017 às 14h41
Eleição interna do PT no Maranhão segue indefinidaVotos dados a Zé Inácio estão sendo contestados pelos adversários (Arquivo)

Como em edições anteriores, o Processo de Eleição Direta (PED) do PT no Maranhão inicia a fase de contestações e suspeita quanto ao resultado de votações no interior do estado. Os votos do candidato Zé Inácio estão sendo contestados com a alegação de fraude.

Há cerca de quatro dias que os votos da eleição do PT para escolha do presidente estadual da legenda estão sendo apurados. Com uma votação arcaica por meio de cédulas de papel, os petistas chegam a fase agora de contestar os votos nos municípios do interior maranhense.

Com 86% dos votos apurados até o momento, o candidato que vem liderando, o deputado Zé Inácio, enfrenta várias contestações. Seus adversários, maioria ligados a Augusto Lobato, principal adversário de Inácio, alegam que há fraude na apuração.

“São muitas contestações que dizem ter erros na lista de votante ou afirmam que tem mais assinatura do que votos”, disse o presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro.

Pelo histórico das eleições internas do PT, essas contestações devem parar na direção nacional, que é quem tem o poder de acatar ou não as contestações.

O resultado da eleição petista no Maranhão tem previsão de sair no fim da tarde desta quarta-feira, 12. Segundo Monteiro, ainda restam ser contabilizados os votos dos diretórios de 30 municípios.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte