Geral | Culinária

Curso “Qualificar é Preciso” estimula o gosto pela gastronomia

O projeto, com apoio do Grupo Mirante, está em sua décima edição e reuniu cerca de 30 aprendizes, na Cohab
27/03/2017
Curso “Qualificar é Preciso” estimula o gosto pela gastronomiaAlunos observam manuseio de carne de frango durante aula de culinária (De Jesus / O ESTADO)

O fim de semana foi de aprendizado para os alunos do curso de gastronomia “Qualificar é Preciso” que aconteceu no barracão do Boi Pirilampo, na Cohab, sob a supervisão do Chef Marcos Murilo Oliveira. O projeto, com apoio do Grupo Mirante, está em sua décima edição e reuniu cerca de 30 aprendizes.

Nesta etapa, participam 15 alunos do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) do município. Segundo Chef Marcos Murilo Oliveira, os alunos já estão inclusive manipulando alimentos na “boca do fogão”. “No total, são 216 horas de aulas. Os alunos são esforçados e estão gostando bastante, o que nos deixa muito felizes e gratificados”, destacou Marcos Murilo Oliveira.

O mais recente curso foi encerrado em maio do ano passado, com turma formada por alunos da comunidade do Coroado. Para Diego Gonçalves, de 31 anos, o curso de gastronomia está sendo importante, uma vez que ele pretende trabalhar nessa área. “Tenho que aproveitar essa oportunidade que Deus me deu Minha pretensão é trabalhar em um restaurante e por isso estou me esforçando bastante. Acredito que isto será muito importante para a minha vida no geral”, disse.

Larissa Santiago, de 20 anos, reforçou o cuidado com a higiene e a união dos alunos. “É um ambiente de aprendizado e amizade, com a dedicação do Chef Marcos Murilo. Estou gostando bastante e está sendo uma experiência enriquecedora”, disse Luana Rodrigues.

A primeira edição do curso aconteceu com apenas 20 alunos, no bairro São Francisco. Desde então, somente na localidade 750 famílias foram beneficiadas. “Além do São Francisco e do Coroado, já qualificamos pessoas de São José de Ribamar. Sempre buscamos pessoas excluídas pela sociedade para dar a elas uma oportunidade. Muitos dos nossos alunos já saem do curso para trabalhar em restaurantes de São Luís”, orgulha-se o Chef Marcos Murilo Oliveira.

O projeto “Qualificar é preciso” foi lançado em 2008. Ele é voltado para a qualificação profissional através da oferta de cursos de culinária de forma gratuita. O curso dura cerca de seis meses e é constituído por 216 horas de aula.

Frase

“É fundamental que pessoas que, antes não tinham qualquer ocupação, ou mesmo as que tinham seus negócios voltados para a culinária, mas que não sabiam como desenvolvê­-los, saibam que é a partir de iniciativas como esta que começamos a fazer a diferença na atual sociedade”, Chef Marcos Murilo Oliveira.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte