Cidades | Vida de pescador - 1ª parte

Amor à profissão e perigo se unem no mar de Raposa

O que seria mais um tranquilo dia de pesca acabou com um barco destruído e dois pescadores no mar durante toda o dia e noite, à espera de outros barcos para lhes resgatar
Adriano Martins Costa / O Estado18/02/2017

RAPOSA - O pescador Jackson Gonçalves, de 49 anos, sempre sai para o mar pronto para encontrar a vida, mas na manhã de 9 de janeiro se deparou com a morte, quando sua embarcação foi atropelada por um enorme navio cargueiro em alto-mar. O Estado ouviu pescadores, foi para o mar e traz hoje a primeira parte da aventura no mar de Raposa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte