Polícia | Balanço

Cerca de 5 ocorrências por mês contra bancos em 2016

Ao todo foram 61 ocorrências criminosos registradas contra agências bancárias no Maranhão. Houve uma diminuição de 28% em comparação com 2015
01/02/2017
Cerca de 5 ocorrências por mês contra bancos em 2016Bradesco de Peri-Mirim, um dos bancos explodidos no ano passado (Divulgação)

MARANHÃO - O ano de 2016 terminou com uma média de cinco ocorrências criminosas por mês contra agências bancárias em todo o Maranhão. Os dados são do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários do Estado do Maranhão (Seeb-MA).

Conforme mostram as estatísticas do sindicato, foram registradas 61 investidas de criminosos contra agências bancárias em todo o estado. Houve uma diminuição de cerca de 28% ao fazer-se uma comparação com a quantidade de ocorrências registradas em 2015, quando foram contabilizados 84 casos. Apesar disso, o total de casos registrados em 2016 chama atenção das autoridades e principalmente causa medo aos moradores dos municípios que foram atacados.

Dos 61 casos registrados no ano de 2016, de acordo com o Seeb-MA, 47 foram classificados como arrombamentos de caixas eletrônicos. Nesse tipo de ocorrências, os bandidos geralmente chegam em bando e, fortemente armados, explodem dos caixas e ainda trocam tiros com a polícia local. Há casos em que a empreitada não é bem sucedida e os bandidos não conseguem levar o dinheiro dos equipamentos.

Houve também ocorrências em que uma mesma cidade foi alvo dos criminosos duas vezes no ano e os caixas eletrônicos de agências bancárias desses municípios foram arrombados. Foi o que aconteceu em São Luís Gonzaga do Maranhão, atacada pelos bandidos nos dias 28 de abril e 28 de maio, cujos alvos foram as agências do Banco do Brasil e Bradesco, respectivamente; e em São Mateus do Maranhão, que teve os caixas, do Banco do Brasil, arrombados no dia 8 de julho, e do Bradesco, no dia 15 de dezembro.

Os outros casos registrados em 2016 foram os assaltos à bancos, que totalizaram 10 ocorrências, e as saidinhas bancárias, que somaram quatro. O ano de 2015 terminou com o registro de 84 ocorrências criminosas contra bancos, sendo 61 arrombamentos de caixas eletrônicos, 11 assaltos e 12 saidinhas bancárias.

Este ano já foi registrado uma investida de criminoso contra agência bancária. O caso aconteceu no dia 28 e o alvo foi a agência do Banco do Brasil da cidade de Tuntum. De acordo com a polícia, um dos caixas eletrônicos foi arrombado por maçarico e o valor roubado não foi divulgado.

Três assaltantes chegaram ao município por volta das 3h e se deslocaram até ao banco. No local, o trio criminoso sem chamar a atenção dos moradores conseguiu arrombar o caixa eletrônico e fugiu antes da chegada da polícia.

Combate

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA) informou que tem intensificado as ações para combater ataques às agências bancárias através do Departamento de Combate à Roubo a Instituições Financeiras (Dcrif) que pertence à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic)

De acordo com a secretaria, as estratégias utilizadas pelas forças de segurança do estado incluem o monitoramento dos pontos de maior registro e nas áreas mais suscetíveis às investidas de criminosos, abordagens em locais estratégicos, além da orientação a comerciantes sobre a venda de material explosivo.

As ações preventivas são reforçadas em dias de pagamento de funcionalismo, quando há maior movimento nas agências. A SSP destacou ainda que o objetivo do trabalho é a prevenção dos casos a partir da interceptação dos suspeitos, com fins a evitar ocorrências.

Outra estratégia de trabalho das forças de segurança local para reprimir as ocorrências é a realização de operações específicas contra esta modalidade de crime como ações em parceria com as polícias do Pará, Piauí, Goiás, Bahia e Tocantins.

Peça

Números

61 ocorrências contra bancos em 2016

47 arrombamentos de caixas eletrônicos

10 assaltos à bancos

4 saidinhas bancárias

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte