Cidades | Dificuldade

Para tentar conseguir marcação de consulta, pessoas amanhecem em fila de hospital, em São Luís

São distribuídas diariamente 35 senhas gerais e 10 para prioridades; demanda é maior do que os agendamentos oferecidos diariamente
26/01/2017 às 10h32
Para tentar conseguir marcação de consulta, pessoas amanhecem em fila de hospital, em São LuísPessoas amanhecem em fila no Hospital da Mulher (Reprodução / TV Mirante)

SÃO LUÍS - Dezenas de pessoas amanheceram, nesta quinta-feira (26), em fila no Hospital da Mulher, em São Luís, para tentar conseguir agendamento de exames médicos. Apenas 45 senhas são distribuídas por dia no local.

Na manhã de hoje, os primeiros da fila tiveram de chegar na unidade, na Avenida dos Portugueses, por volta da 1h da madrugada. As pessoas ficam várias horas no local, esperando até de manhã, quando é iniciada a distribuição de senhas.

São distribuídas diariamente 35 senhas gerais e 10 para pessoas que necessitam de prioridade, como idosos. A demanda, porém, muitas vezes não atende ao público que aguarda na fila. Por isso, as pessoas acabam tendo de amanhecer no local.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) afirmou que, exclusivamente hoje, houve um problema técnico e apenas 45 senhas foram entregues para a marcação de consultas e que, nesta sexta-feira, a situação estará normalizada, com a distribuição das 100 senhas, conforme acontece diariamente.

A Semus comunicou ainda que os pacientes que buscam o Hospital da Mulher para marcação de consultas são orientados a não dormirem no local, pois a quantidade de senhas disponibilizadas diariamente é suficiente.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte