Cidades | Ambulâncias

Samu para e chama atenção para condições de trabalho

Segundo a Associação dos Servidores do Samu, as condições são as piores possíveis para quem trabalha com saúde no Maranhão; são veículos sujos, com pneus carecas, luzes quebradas, entre outros problemas
24/01/2017

SÃO LUÍS - Funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) cruzaram os braços na manhã de ontem, das 7h às 10h. O movimento teve como objetivo chamar a atenção do poder público e da comunidade para as condições de trabalho no órgão, que, segundo Agnaldo Serra, presidente da Associação dos Servidores do Samu, são as piores possíveis para quem trabalha com saúde no Maranhão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte