Cidades | Manifestação

Por salários atrasados, vigilantes fazem protesto em frente à UFMA

A cada 5 minutos a entrada da universidade é interditada, o que está causando congestionamento na Avenida dos Porugueses
21/12/2016 às 10h19
Por salários atrasados, vigilantes fazem protesto em frente à UFMAVigilantes interditam entrada da UFMA (Divulgação)

Vigilantes da empresa Potencial, que prestam serviço à Universidade Federal do Maranhão (UFMA), fazem bloqueio, a cada 5 minutos, na entrada principal da instituição.

O motivo da manifestação é o não pagamento de salários, segunda parcela do 13º e quatro meses de atraso no tíquete-alimentação.

por causa do protesto, formou-se um longo congestionamento de veículos na Avenida dos portugueses, no sentido Bacanga/Centro

A Polícia Militar está no local e tenta negociar com os vigilantes para encerrarem a atividade.

Esta não é a primeira manifestação de vigilantes que atuam na UFMA.

Sobre esta situação,a instituição lançou nota informando que está absolutamente em dia com a empresa responsável pela segurança nos campus.

A UFMA fez o repasse da parcela em atraso na última sexta-feira, 16, quando a empresa Potencial regularizou as certidões exigidas por lei para a execução do contrato de prestação de serviços de segurança patrimonial.

Segundo a nota, cabe a empresa fazer o pagamento dos vigilantes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte