Alternativo | Samba de raiz

Batucada de bambas para marcar aniversário

Turma do Vandico celebra 30 anos de fundação com um repertório voltado para o samba de raiz em apresentação amanhã no Casarão sem Telhado
04/11/2016
Batucada de bambas para marcar aniversárioTurma do Vandico celebra 30 anos (Arquivo/ O Estado)

Para celebrar três décadas de existência, a Turma do Vandico se reúne amanhã, a partir das 17h, no Casarão Sem Telhado (Rua do Giz, 161, Praia Grande), para fazer o que sabe de melhor: samba de roda com apresentação de vários grupos e também de bambas da Ilha no projeto “Samba sem telhado”.

Vandico relembra que a turma nasceu na Rua de Nazaré, na lanchonete de sua mãe. Por lá, um grupo de amigos que se reunia para conversar sobre futebol resolveu também trocar umas notas do autêntico samba de raiz. Foi assim que começou, despretensiosamente, um dos mais representativos grupos de samba da cidade cuja marca registrada é uma sombrinha colorida.

A Rua de Nazaré foi sede do grupo por 19 anos e há mais de 10 o endereço mudou para o Casarão Sem Telhado, na Rua do Giz. Vandico e seus amigos prometem uma trilha sonora pela qual desfilarão nomes do samba nacional e maranhense. “Temos uma ligação muito forte com o samba de raiz e feito no Maranhão. Nossa batucada é ímpar, primamos pelo samba de roda e isto nos fez criar um movimento do qual saíram muitos outros grupos, fortalecendo o samba aqui”, diz Vandico.

Composições de maranhenses como Oberdan Oliveira, Joãozinho Ribeiro, Chico Saldanha, César Teixeira, Josias Sobrinho, Patativa, Antonio Vieira, Neto Peperi, Isac Barros e Chico Maranhão estarão no repertório que contempla ainda os tops do samba brasileiro como Noel Rosa, Cartola, Martinho da Vila, João Nogueira, Paulinho da Viola, entre outros.

De acordo com o sambista, o projeto “Samba Sem Telhado” reúne não apenas os amantes dos mais variados segmentos do samba produzidos no Maranhão, mas também integrantes de movimentos culturais e populares da Ilha. “Esta é uma iniciativa que visa proporcionar aos maranhenses e aos turistas que visitam nossa cidade, além de sambas, a cultura local valorizando as manifestações populares maranhenses”, observa Vandico.

Serviço

O quê

Aniversário da Turma do Vandico

Quando

Hoje, às 17h

Onde

Samba Sem Telhado (Ruado Giz, 161, Praia Grande)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte