Polícia | Violência

Maranhão tem 13,8 casos de estupro por 100 mil habitantes

Estado ocupa 23º lugar em número de registro entre as capitais do país, segundo dados do 10º Anuário Brasileiro da Segurança Pública
O Estadoma.com03/11/2016 às 11h10
Maranhão tem 13,8 casos de estupro por 100 mil habitantes

O Maranhão registra uma taxa de 13,8 casos de estupros por 100 mil habitantes, segundo informações do 10º Anuário Brasileiro da Segurança Pública, divulgado hoje (3), pelo Fórum Brasileiro da Segurança Pública. O estado ficou na 23º colocação no ranking das capitais, que tem o Acre na liderança, com uma taxa de 65,2 casos por 100 mil habitantes. O último lugar ficou com o Espírito Santo, com uma taxa de 5,2 casos por 100 mil habitantes.

De acordo com o anuário, o número de estupros notificados no Brasil caiu 10% no ano passado, em comparação com o ano anterior. Foram notificados 45.460 estupros no ano passado, uma taxa de 22,2 casos por 100 mil habitantes. Em 2014, foram 50.438 registros, com uma taxa de 24,9 por 100 mil habitantes. Ainda de acordo com os dados do Anuário, pouco mais de cinco pessoas foram estupradas por hora, no ano passado, uma média de um estupro a cada 11 minutos e 33 segundos, no Brasil, com 24% dos casos sendo registrados nas capitais e no Distrito Federal.

O medo de ser estuprada acompanha 85% das mulheres brasileiras, segundo outro levantamento realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em setembro deste ano. Em termos regionais, o maior medo é verificado nas regiões Norte e Nordeste do país, atingindo 72% de toda a população. No entanto, se verificadas apenas as respostas das mulheres, observa-se que 90% das mulheres que residem no Nordeste afirmam ter medo de sofrer violência sexual, seguidas de 87,5% da população feminina do Norte, 84% no Sudeste e Centro-Oeste e 78% no Sul do país.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte