Imunização

Vacinas continuam sendo disponibilizadas em postos

Mesmo com o encerramento da campanha de multivanção, no dia 30 de setembro, doses ainda estão sendo aplicadas nos postos em Imperatriz

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h45
Criança recebeu dose de vacina em Unidade Básica de Saúde de Imperatriz na campanha de multivacinação
Criança recebeu dose de vacina em Unidade Básica de Saúde de Imperatriz na campanha de multivacinação (vacinação Imperatriz)

IMPERATRIZ

As doses de vacina da campanha de multivacinação continuam nas Unidades Básicas de Saúde de Imperatriz, mesmo após o fim oficial da campanha, ocorrido no dia 30 de setembro. A campanha de multivacinação teve como objetivo atualizar o esquema vacinal de acordo com o calendário básico de vacinação na caderneta de saúde das crianças menores de 5 anos de idade (0 a 4 anos 11meses e 29 dias).
Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Socorro Ribeiro, só na primeira semana, quando foi realizado o dia D de mobilização, com disponibilização de vacinas em todos os postos da cidade das 7h as 17h no dia 24 de setembro, 2.906 crianças receberam a vacina e no geral 5.371 doses foram aplicadas.

Mobilização
“Vale ressaltar que não estamos realizando uma campanha propriamente dita, mas sim uma mobilização para atrair pais e familiares que estão com vacinas em atraso para colocar as vacinas de seus filhos em dia. Assim sendo, mesmo passado esse período de mobilização principal continuaremos com as doses disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde do nosso município”, explica Socorro Ribeiro.
“Todas as crianças menores de 5 anos de idade devem ser levadas a uma das Unidades Básicas de Saúde do município, para que a caderneta seja avaliada e o esquema vacinal atualizado de acordo com a situação encontrada, independentemente da mobilização já encerrada”, completou.
Estão sendo ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança. Como por exemplo, BCG, hepatite B, poliomielite, rotavírus, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba), entre outras. O objetivo édiminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal.
“A campanha de multivacinação incluiu, pela primeira vez, todas as vacinas disponíveis pelo SUS para crianças de até 5 anos e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas”, explicou a secretária de Saúde do Município, Conceição Madeira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.