Polícia | Operação

Polícia Federal prende nove por crimes tributários

Foram cumpridos em São Luís 42 mandados de prisão, condução coercitiva e busca e apreensão
13/07/2016

Nove pessoas foram presas na manhã de ontem em São Luís, durante a Operação Lilliput da Polícia Federal (PF), que apura crimes de corrupção (ativa e passiva), falsidade ideológica, inserção de dados falsos em sistema, além de crimes contra a ordem tributária. Durante a operação, o empresário Antônio Barbosa de Alencar, proprietário da Dimensão Engenharia, foi detido e levado para a sede da PF, na
Cohama, acusado de ser um dos principais responsáveis pela fraude. Auditores fiscais também foram presos suspeitos de participaram do esquema.
O juiz José Magno Linhares Moraes, da 2ª Vara da Justiça Federal, decretou a prisão preventiva do empresário e de outras pessoas que também teriam participado do esquema fraudulento. Além disso, o magistrado pediu o sequestro de bens e valores dos investigados e das empresas envolvidos no esquema.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte